Kalle Rovampera com 9 segundos de vantagem

A segunda passagem por Felgueiras permitiu ao jovem piloto finlandês regressar aos triunfos e, com isso, dilatar a diferença para o inglês Elfyn Evans, seu companheiro de equipa na Toyota Gazoo Racing, perfilando-se para alcançar a terceira vitória consecutiva no Mundial de Pilotos.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Mais rápido na penúltima especial, onde ganhou 2,4 segundos ao inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), o seu mais directo adversário na luta pela vitória, o finlandês Kalle Rovampera, em viatura idêntica, entra para a derradeira classificativa da prova com 9 segundos de avanço sobre o seu perseguidor.

Embora escassa, a diferença deve permitir ao finlandês averbar a terceira vitória consecutiva da temporada e inscrever o nome na lista de vencedores do Vodafone Rally de Portugal.

Na luta pelo terceiro lugar, o japonês Takamoto Katsuta (Toyota GR Yaris Rally1) respondeu ao ataque do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1), ganhou-lhe 1,4” e vai partir para a derradeira classificativa com uma vantagem de 2,2”, diferença que o espanhol pode neutralizar e impedir que a Toyota monopolize o pódio.

Problemas de travões levaram o irlandês Craig Breen (Ford Puma Rally1) a perder mais de um minuto para os mais rápidos e a descer de sexto para oitavo em termos de geral. Batido pelo polaco Kajetan Kajetanowicz (Skoda Fabia Rally2 Evo), na especial anterior, o finlandês Teemu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) voltou a ser batido por um polaco, desta vez, Mikolaj Marczyk (Skoda Fabia Rally2 Evo), mas isso não o impediu de aumentar o avanço sobre o francês Yohan Rossel (Citroen C3 Rally2) que passou a ser de 57,4 segundos.

No duelo entre os portugueses, Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) ganho 0,6 segundos a Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) e vai partir para o último troço, com 16,7 segundos de vantagem sobre o piloto da marca sul-coreana.

CLASSIFICAÇÕES

20.ª PC – FELGUEIRAS 2 (8,91 KM) – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 5’54,7”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 5’57,1”; 3.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 5’57,5”; 4.º, Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1), 6’00,4”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 6’01,3”; 6.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 6’01,5”; 7.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 6’02,9”; 8.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 6’05,2”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 6’09,2”; 10.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), 6’14,4”; 11.º, Mikolaj Marczyk/Szymon Gospodarczyk (Skoda Fabia Rally2 Evo), 6’27,3”; …; 14.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), 6’31,9”;  15.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), 6’32,5”

GERAL APÓS 20 ESPECIAIS – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 3.37’51,0”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), a 9,0”; 3.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 2’13,0”; 4.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 2’15,2”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 2’34,7”; 6.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 4’42,6”; 7.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 5’20,8”; 6.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 5’35,2”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 7’55,6”; 10.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 12’09,7” (1.º RC2); …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), a 20’52,0”; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 21’08,7”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.