Juan Mir: “época muito renhida no MotoGP”

O campeão mundial sublinha que “o nível é muito alto e muita gente será competitiva”, mas mostra-se desejoso de iniciar a época e defender o título.

(auto.look2010@gmail.com)

O campeão mundial de MotoGP, o espanhol Joan Mir (Suzuki), antevê uma época de 2021 «muito renhida», mesmo com o regresso provável do antigo detentor do título, o compatriota Marc Márquez (Honda). Numa entrevista publicada no blog do construtor japonês Suzuki, Mir disse acreditar que «em 2021 haverá muitos pilotos rápidos e, se o Marc (Márquez) regressar, será o favorito».

«O nível é muito alto e muita gente será competitiva. Creio que será um ano muito renhido», sublinhou o piloto da Suzuki. O espanhol, natural de Palma de Maiorca, reconheceu que, por ser o campeão, «a pressão vai recair» sobre os seus ombros, nada que o «aborreça, nem causa problemas».

«Estou desejoso de iniciar a temporada e voltar a competir, mas a pressão significa que se está a fazer alguma coisa bem, pelo que quase a desejo», frisou. No entanto, reconhece que em 2020 conquistou o título «graças a uma abordagem inteligente e à regularidade», não à maior velocidade. O piloto da Suzuki disse, ainda, que a próxima será «uma temporada estranha no que se refere a lidar com o vírus», mas revela que a forma como se prepara «é sempre a mesma».

Joan Mir sagrou-se campeão mundial de MotoGP em 2020, com 171 pontos, após 14 corridas disputadas, num ano em que o português Miguel Oliveira (KTM) foi nono, com 125 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *