José Correia inicia defesa do título na Arrábida

Rampa “Pêquêpê” Arrábida reúne uma lista de luxo no arranque de mais uma época desportiva. A grande novidade é a introdução da Taça de Portugal de Kartocross de Montanha. Ingredientes não faltam com o Sado a servir de pano de fundo.

(auto.look2010@gmail.com)

A Rampa “Pêquêpê” Arrábida, cujo traçado permite fabulosas vistas para o estuário do Sado, abre o Campeonato de Portugal de Montanha, com 46 pilotos a marcarem presença, o que não vai suceder com o público, embora neste caso possa ser difícil de concretizar, porque há sempre quem conheça um carreiro que leva ao traçado.

José Correia (Osella Evo2-PA30) inicia a defesa do título e fica a curiosidade de ver quem assume o papel de principal opositor, uma vez que, face ao carro que tripula, o favoritismo é seu.

De assinalar a presença de três Kartcross, como consequência do facto de ter sido criada a Taça de Portugal Kartcross de Montanha, com o objectivo de atrair aqueles que costumam competir nas competições Off-Road, com três deles a optarem pela deslocação a Setúbal, enquanto os restantes optaram por alinhar na prova do respectivo Campeonato de Portugal, que tem lugar no traçado de Lousada.

O programa competitivo da edição 2021 da Rampa Pêquêpê Arrábida inicia-se às 10h45 da manhã de sábado, com a primeira sessão de warm-up a dar tiro de partida para o galgar dos 3,1 kms do traçado. Quinze minutos depois do meio-dia será dado início à 1.ª subida de Treinos Oficiais, estando marcada para as 14h30 a 2.ª subida de treinos.

Às 16h30 decorrerá a 1.ª subida “a doer”, com a “armada” da Montanha a enfrentar o traçado da Arrábida já na discussão da primazia e da classificação, naquela que é a única Subida oficial de prova do primeiro dia de competição.

As lides competitivas recomeçarão às 9h45 de domingo, com mais uma sessão de warm-up. O segundo dia contém ainda a 3.ª sessão de Treinos Oficiais (11h15) que, como habitualmente, antecederá a chamada “hora do tudo ou nada”.

Pela frente e para concluir em grande o evento, duas subidas oficiais de prova que, como habitualmente, se revelarão decisivas para o arrumar das contas deste arranque de temporada. Estão previstas, respectivamente, para terem início às 14h00 e 15h45.

O programa contará ainda com uma Rampa Regional, que conta com 18 inscritos. Excepcionalmente, devido às enormes contingências provocadas pelo combate ao surto pandémico, não será realizada a cerimónia de distribuição de prémios, havendo lugar à entrega dos mesmo junto ao secretariado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *