Jogada táctica da Hyundai no “altar” do Minho

Os 20,53 km de Vieira do Minho abriram a segunda etapa do Vodafone Rali de Portugal, com o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC a surpreender a “armada” Toyota.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O segundo dia começou com uma “opção táctica” da Hyundai, com o objectivo de proporcionar as melhores condições para o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) poder superar os Toyota que estão à sua frente.

Tudo começou quando o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupé WRC), que devia abrir a estrada, penalizou 19 minutos, para passar a andar à frente do belga, com o objectivo de ser mais um a “limpar a estrada”.

Contudo a “jogada táctica” não resultou na especial de abertura, uma vez que o francês Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC) reduziu a desvantagem para o belga para 0,5”, o que aumenta a expectativa para o que se segue.

Mas a situação, no que diz respeito ao comando da prova, pode estar em vias de vir a ser alterada, porque o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC), que ocupa o primeiro lugar, chegou ao final da especial sem travões, perdeu nove segundos, viu a sua vantagem diminuir para 11 segundos para o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC) e quando faltam duas especiais para os carros regressarem ao Parque de Assistência terá de ser a equipa a resolver o problema.

O inglês Kris Meeke (Toyota Yaris WRC) foi o mais rápido na classificativa e o único a chegar ao minuto “12” e reduziu a desvantagem para o finlandês para 2,5” e aumentou para 7,1” a vantagem sobre Thierry Neuville.

Entre os RC2, o norueguês Ole Christian Veiby (VW Polo GTi R5), que tinha terminado o dia de ontem na frente, perdeu a posição para o finlandês Kalle Rovampera (Skoda Fabia R5 Evo), que passou a dispor de um segundo de avanço sobre o seu adversário.

TEMPOS

8.ª PC – VIEIRA DO MINHO 1 (20,53 KM) – 1.º, Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota Yaris WRC), 12’59,3”; 2.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (Toyota Yaris WRC), 13’02,3”; 3.º, Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Citroen C3 WRC), 13’03,9”; 4.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC), 13’05,0”; 5.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris), 13’08,3”; 6.º, Dani Sordo/Carlos Del Barrio (Hyundai i20 Coupé WRC), 13’09,6”; 7.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Citroen C3 WRC), 13’14,3”; 8.º, Teemu Suninen/Marko Salminen (Ford Fiesta WRC), 13’14,4”; 9.º, Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC), 13’16,9”; 10.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Ford Fiesta WRC), 13’17,3”; …; 12.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Skoda Fabia R5 Evo), 13’33,6” (1.º RC2)

GERAL APÓS OITO ESPECIAIS – 1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC), 1.16’35.0”; 2.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (Toyota Yaris WRC), a 11,3”; 3.º, Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota Yaris WRC), a 13,8”; 4.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC), a 20,9”; 5.º, Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Citroen C3 WRC), a 21,4”; 6.º, Teemu Suninen/Marko Salminen (Ford Fiesta WRC), a 1’21,8”; 7.º, Esapeka Lappi/Janne Ferm (Citroen C3 WRC), a 1’29,7”; 8.º, Gus Greensmith/Elliott Edmondson (Ford Fiesta WRC), a 1’30,7”; 9.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Skoda Fabia R5 Evo), a 4’19,4” (1.º RC2); 10.º, Ole Christian Veiby/Jonas Andersson (VW Polo GTi R5), a 4’20,4”

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação