Joaquim Rodrigues Jr. ganhou duas posições

Na sétima etapa da 44.ª edição do Rali Dakar, entre Riyahd e Al Dawadimi, num total de 701 km, 401 dos quais cronometrados, o piloto de Barcelos voltou a marcar a sua posição, culminando na sexta posição no Sector Selectivo e ascendeu ao 16.º lugar da geral.

(auto.look2010@gmail.com)

Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) concluiu com sucesso os 401 quilómetros cronometrados da sétima etapa do Dakar 2022, na sexta posição, a 8m57s do vencedor das motos, o chileno José Ignacio Cornejo (Honda). O piloto de Barcelos superou quatro centenas de quilómetros de especial com um excelente ritmo e a rodar entre o lote dos primeiros ao longo de praticamente toda a etapa e, com o resultado registado hoje, ganhou duas posições e subiu a 16.º da classificação geral.

«A especial foi difícil em termos de navegação, sobretudo depois do reabastecimento. Tivemos de parar várias vezes para tentar encontrar o caminho correcto. Consegui encontrar a pista certa sem perder muito tempo», explicou o piloto de Barcelos, que está a 53m45s do líder, o francês Adrien van Beveren (Yamaha), que saltou para o comando da classificação.

Tanto o piloto da indiana Hero MotoSports como o do Monster Energy Yamaha Rally Team deram assim início à segunda semana do Rali Dakar de 2022 em grande estilo.

A etapa de amanhã, segunda-feira, estabelece a ligação entre Al Dawadimi e Wadi Ad-Dawasir, localidade onde a caravana regressa no dia seguinte, depois de uma etapa que tem partida e chegada no mesmo local. A etapa é composta por 435 quilómetros, dos quais 395 de especial, com os primeiros 200 a decorrerem em piso de areia e com sucessivas cadeias de dunas, com a organização a admitir que muitos cheguem de noite face às dificuldades do traçado e às “armadilhas” da navegação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *