Joaquim Rodrigues Jr. esteve imperial no Dakar

O português Joaquim Rodrigues Jr. venceu a terceira etapa da 44.ª edição do Rali Dakar de Todo-o-Terreno, em motos, com 255 quilómetros cronometrados em redor de Al Qaisumah, na Arábia Saudita.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Joaquim Rodrigues (Hero)

Joaquim Rodrigues (Hero) entra para a história da presença portuguesa no “Dakar” ao vencer, pela primeira vez, uma etapa na mítica prova de todo-o-terreno.

O português andou todo o Sector Selectivo no lote dos três primeiros, mas seria entre o derradeiro posto de controlo e a meta que “voaria” para a vitória, com mais de um minuto de vantagem sobre o inglês Toby Price (KTM).

O barcelense juntou-se ao lote de pilotos que já venceram uma tirada no Dakar, com Duarte Guedes, nos automóveis, a ser o primeiro a fazê-lo na 9.ª etapa da edição de 1997 e com Paulo Marques, nas motos, a ser o primeiro nas duas rodas, ao ser mais rápido na derradeira tirada, nesse mesmo ano.

Rui Gonçalves (Sherco)

No que concerne à classificação geral, o piloto de Barcelos apenas ganhou uma posição, seguindo agora no 17.º posto, com Rui Gonçalves (Sherco), que foi 22.º no Sector Selectivo, a subir para 42.º. O transmontano terminou imediatamente atrás do italiano Danilo Petrucci (KTM), que regressou à corrida apesar de uma forte penalização (mais de 11 horas) por não concluir a etapa da véspera.

Já António Maio (Yamaha) é 29.º em termos globais, depois de ter terminado no 31.º lugar, a 16m05s do vencedor, enquanto Mário Patrão (KTM) foi 47.º, cedendo precisamente meia hora para Joaquim Rodrigues Jr. Arcélio Couto (Honda) foi 80.º, Alexandre Azinhais (KTM) 86.º, Pedro Bianchi Prata 118.º e Paulo Oliveira 121.º

Refira-se que Joaquim Rodrigues Jr. gastou 2h34m41s para completar o percurso na categoria das motos, que hoje foi reduzido de 368 a 255 quilómetros devido às fortes chuvas que assolam aquela região da Arábia Saudita, deixando o australiano Toby Price (KTM) no segundo lugar, a 1m13s, e o estreante norte-americano Mason Klein (KTM) no terceiro, a 1m14s.

António Maio (Yamaha)

O australiano Daniel Sanders (GasGas) esteve em animada luta com o piloto português, chegando a ter mais de um minuto de vantagem sobre Joaquim Rodrigues Jr. Todavia, admitiu ter parado alguns minutos na parte final de forma a não ser o primeiro em pista esta quarta-feira, lugar que, assim, caberá ao piloto da Hero. Acabou em quinto, a 2m55 do piloto natural de Barcelos.

Na geral, o britânico Sam Sunderland (Honda) segurou o comando mas por apenas quatro segundos, depois de hoje ter sido apenas o 17.º mais rápido, a 7m30s do vencedor. O francês Adrien van Beveren (Yamaha) é o segundo, com o austríaco Mathias Walkner (KTM) em terceiro, a 1m30s do piloto da Honda.

ETAPA DE AMANHÃ (QUARTA-FEIRA)

Amanhã, a prova ruma a Riyadh, capital da Arábia Saudita, onde vai permanecer até domingo, depois de cumprir no sábado o dia de descanso. A ligação de Al Qaisumah a Riyadh tem uma extensão de 707 km, dos quais 465 km em Sector Seelectivo, o mais extenso da prova. Nos primeiros 200 km da tirada, os concorrentes vão encontrar pistas rolantes a que se segue uma zona de dunas, para o Sector Selectivo terminar num percurso rochoso, em particular na passagem pelos “oueds”.

CLASSIFICAÇÕES

SECTOR SELECTIVO (255 KM)

MOTOS1.º, Joaquim Rodrigues (Hero), 2.34’41”; 2.º, Toby Price (KTM), a 1’03”; 3.º, Mason Klein (KTM), a 1’14”; 4.º, Skyler Howes (Husqvarna), a 1’26”; 5.º, Daniel Sanders (GasGas), a 2’55”; 6.º, Andrew Short (Yamaha), a 3’36”; 7.º, Ricky Brabec (Honda), a 4’18”; 8.º, Kevin Benavides (KTM), a 4’28”; 9.º, Adrien Van Beveren (Yamaha), a 4’43”; 10.º, Matthias Walkner (KTM), a 4’52”; …; 23.º, Rui Gonçalves (Sherco), a 9’24”; …; 31.º, António Maio (Yamaha), a 16’05”; …; 47.º, Mário Patrão (KTM), a 30’00”; …; 80.º, Arcélio Couto (Honda), a 58’28”; …; 86.º, Alexandre Azinhais (KTM), a 1.00’32”; …; 118.º, Pedro Bianchi Prata (Honda), a 1.22’07”

GERAL

MOTOS – 1.º, Sam Sunderland (GasGas), 11.13’40”; 2.º, Adrien Van Beveren (Yamaha), a 4”; 3.º, Matthias Walkner (KTM), a 1’30”; 4.º, Skyler Howes (Husqvarna), a 3’55”; 5.º, Daniel Sanders (GasGas), a 8’54”; 6.º, Lorenzo Santolino (Sherco), a 11’47”; 7.º, Pablo Quintanilla (Honda), a 16’51”; 8.º, Kevin Benavides (KTM), a 17’45”; 9.º, Stefan Svitko (KTM), a 17’54”; 10.º, Aaron Mare (Hero), a 18’41”; 17.º, Joaquim Rodrigues (Hero), a 37’43”; …; 29.º, António Maio (Yamaha), a 1.13’20”; …; 42.º, Rui Gonçalves (Sherco), a 2.09’38”; …; 72.º, Alexandre Azinhais (KTM), a 4.06’26”; …; 79.º, Mário Patrão (KTM), a 4’32’13”; 85.º, Arcélio Couto (Honda), a 4.57’34”; …; 90.º, Pedro Bianchi Prata (Honda), a 5.33’37”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *