João Ferreira: um gigante no Mini JCW Rally

O leiriense João Ferreira logrou o triunfo pela terceira prova consecutiva, dando um passo de gigante para alcançar o tão ambicionado título de campeão nacional no Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno AM48.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Rui Ferreira (pai) abraça João Ferreira (filho) após mais um triunfo categórico

João Ferreira e David Monteiro (Mini JCW Rally) permanecem imbatíveis no Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno AM48 ao vencer a Baja Oeste de Portugal, terceira prova da temporada, sendo preciso recuar a 2013 para um piloto, na circunstância Miguel Barbosa, averbar três triunfos consecutivos na competição.

Quarto à partida para o último dia da competição, João Ferreira entrou ao ataque e, a meio do segundo Sector Selectivo (SS) ultrapassou João Ramos (Toyota Hilux), que tinha terminado o primeiro dia no comando. O piloto leiriense foi ganhando tempo ao seu mais directo perseguidor, acabando por vencer com 51,4” de avanço sobre o gaiense.

A recuperação de João Ferreira relegou João Dias (BRP CAN-AM Maverick X3), segundo à partida, para o derradeiro lugar do pódio e Tiago Reis (Toyota Hilux) para fora do mesmo, com o espanhol Luís Recuenco (Mini JCW Rally) a terminar em quinto, à frente de Alejandro Martins (Mini JCW Rally), que ascendeu ao segundo lugar do campeonato, a 38 pontos de João Ferreira.

Décimo-segundo, ontem, Alexandre Pinto (Bombardier CAN-AM Maverick X3) ganhou quatro posições e garantiu o triunfo entre os T4, à frente de Nuno Tordo (Nissan Navara), 1.º dos T8, que já na véspera comandava a categoria.

Classificação – 1.º, João Ferreira/David Monteiro (Mini JCW Rally), a 4.40’49”; 2.º, João Ramos/Filipe Palmeiro (Toyota Hilux), a 51,4”; 3.º, João Dias/João Miranda (BRP CANAM Maverick X3), a 1’39,5”; 4.º, Tiago Reis/Valter Cardoso (Toyota Hilux), a 2’43.2”; 5.º, Luis Recuenco/Sergio Peinado (Mini JCW Rally), a 6’29,6”; 6.º, Alejandro Martins/José Marques (Mini JCW Rally), a 12’44,6”; 7.º, Francisco Barreto/Carlos Silva (Ford Ranger), a 16’43,3”; 8.º, Alexandre Pinto/Fausto Mota (Bombardier CAN-AM Maverick X3), a 18’26,6” (1.º T4); 9.º, Nuno Tordo/João Serôdio (Nissan Navara), a 19’31,4” (1.º T8); 10.º, Michael Braun/Ivo Santos (Porsche Cayenne Proto), a 26’40,3”.

Classificação, oficiosa, do campeonato, depois da prova da Escuderia de Castelo Branco – 1.º João Ferreira, 84 pontos; 2.º, Alejandro Martins, 46; 3.º, João Ramos, 45; 4.º, Cristian Baumgart, 37; 5.º, João Dias, 35; 6.º, Tiago Reis, 33; 7.º, Francisco Barreto, 28; 8.º, Marcos Baumgart, 15; 9.º, Nuno Madeira, 10; 10.º, Edgar Reis, 9.

Próxima prova – Baja TT de Loulé, de 27 a 29 de Maio, organizado pelo Clube Automóvel do Algarve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.