Jean-Eric Vergne (DS) revalida o título de FE

O piloto português António Félix da Costa (BMW) terminou o campeonato de Fórmula E para carros eléctricos na sexta posição, depois de hoje ter sido nono classificado na última corrida, disputada em Nova Iorque.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Apesar de não ter ido além do 10.º lugar, na derradeira corrida da temporada que teve por palco a zona do porto de Brooklyn (Nova Iorque), o francês Jean-Eric Vergne (DS) revalidou o título, conquistado o ano passado, tornando-se no primeiro piloto a somar dois títulos na disciplina.

A vitória foi para o holandês Robin Frijns (Virgin), que ontem tinha desistido, que a meio da corrida ultrapassou o inglês Alexander Sims (BMW), companheiro de equipa de António Félix da Costa (BMW), que tinha largado da “pole position”.

O suíço Sébastien Buemi (Nissan) completou o pódio e como consequência ascendeu ao segundo lugar do campeonato, por ultrapassagem ao brasileiro Lucas Di Grassi (Audi), o único que podia suplantar Jean-Eric Vergne, mas que teve uma presença discreta, nunca tendo estado em condições de impedir o francês de conquistar o título, para terminar a corrida no muro, em por causa de um desentendimento com Mitch Evans, na derradeira volta.

O português António Félix da Costa (BMW), que saiu da 14.ª posição da grelha terminou em nono, graças ao acidente entre Lucas Di Grassi e Mitch Evans, e acabou o campeonato em sexto, depois de ter sido o primeiro comandante, por ter vencido a corrida de abertura, naquela que foi a única vitória da marca alemã.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDA – 1.º Robin Frijns (Virgin), 47’22,289”; 2.º, Alexander Sims (BMW), a 3,200”; 3.º, Sébastien Buemi (Nissan), a 3,912”; 4.º, Sam Bird (Virgin), a 4,270”; 5.º, Daniel Abt (Audi), a 4,757”; 6.º, Mitch Evans (Jaguar), a 8,382”; 7.º, Jean-Eric Vergne (DS), a 9,446”; 8.º, Stoffel Vandoorne (HWA), a 9,738”; 9.º, António Félix da Costa (BMW), a 11,727”; 10.º, Gary Paffett (HWA), a 12’251”. Classificaram-se mais nove pilotos

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Jean-Eric Vergne, 136 pontos; 2.º, Sébastien Buemi, 119; 3.º, Lucas Di Grassi, 108; 4.º, Robin Frijns, 106; 5.º, Mitch Evans, 105; 6.º, António Félix da Costa, 99; 7.º, Daniel Abt, 95; 8.º, Andre Lotterer, 86; 9.º, Sam Bird, 85; 10.º, Olivier Rowland, 71; 11.º, Jérôme D’Ambrosio, 67; 12.º, Pascal Wehrlein, 58; 13.º, Alexandre Sims, 57; 14.º, Edoardo Mortara, 52; 15.º, Felipe Massa, 36; 16.º, Stoffel Vandoorne, 35; 17.º, Maximilian Gunther, 20; 18.º, Alex Lynn, 10; 19.º, Gary Paffett, 9; 20.º, Oliver Turvey, 7; 21.º, José Maria Lopez, 3; 22.º, Nelson Piquet jr., 1

EQUIPAS – 1.º, DS Techeetah Formula E Team, 222 pontos; 2.º, Audi Sport Abt Schaeffler, 203; 3.º, Envision Virgin Racing, 191; 4.º, Nissan E.Dams, 190; 5.º, BMW I Andretti Motorsport, 156; 6.º, Mahindra Racing, 125; 7.º, Panasonic Jaguar Racing, 116; 8.º, Venturi Formula E Team, 88; 9.º, HWA Racelab, 44; 10.º, Geox Dragon, 23; 11.º, Nio Formula E Team, 7

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação