Jean-Eric Vergne acelerou para a “pole postion”

Piloto francês da DS Techeetah foi o melhor piloto na sessão de qualificação para a segunda corrida em Roma, enquanto António Félix da Costa, seu companheiro de equipa, quedou-se pelo nono lugar da grelha.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) garantiu a “pole position” para a segunda corrida do fim-de-semana nas ruas de Roma, depois de bater na final o inglês Jake Dennis (Andretti), com o vencedor da corrida de ontem, o neo-zelandês Mitch Evans (Jaguar), a partilhar a segunda linha com o alemão Pascal Werhlein (Porsche), depois de ser batido, na meia-final, pelo francês, enquanto o alemão era mais lento que o inglês.

Ao contrário do que sucedeu ontem, em que conseguiu discutir um lugar no lote dos oito primeiros, hoje, o português António Félix da Costa (DS) não foi além do quinto tempo, no seu grupo de qualificação, e ficou de fora da discussão da “pole position”, o que coloca na nona posição da grelha de partida, mas com a esperança de subir alguns lugares, já que os DS parecem estar a dar-se bem com o traçado romano.

CLASSIFICAÇÕES

Grelha de partida1.ª linha: Jean-Eric Vergne (DS), 1’38,268”; Jake Dennis (Andretti), 1’38,489”; 2.ª linha: André Lotterer (Porsche), 1’38,361”; Mitch Evans (Jaguar), 1’38,499”; 3.ª linha: Sam Bird (Jaguar), 1’38,425”; Pascal Werhlein (Porsche), 1’38,566”; 4.ª linha: Robin Frijns (Envision), 1’38,433”; Stoffel Vandoorne (Mercedes), 1’38,776”; 5.ª linha: António Félix da Costa (DS), 1’39,765”; Nyck De Vries (Mercedes), 1’39,852. Alinham mais 12 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.