Jack Dennis impõe-se no final da sessão de FE

O inglês destacou-se ao volante de um Andretti na capital britânica, com corridas marcadas para este sábado e domingo, em mais uma sessão de treinos livres de Fórmula E. António Félix da Costa não foi além do 12.º tempo.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A bandeira vermelha mostrada a pouco mais de oito minutos do final da sessão, quando Dick Tiktun (NIO) deixou o carro na pista, levou a que tivesse sido admitida a hipótese da sessão ser dada por concluída por não se saber se seria possível retirar a viatura a tempo.

Nessa altura era o neerlandês Nyck De Vries (Mercedes) que estava no topo da tabela de tempos, mas a sessão recomeçaria a pouco mais de dois minutos e meio do final, o que dava para fazer duas voltas.

Foi nessa altura que os ingleses Jack Dennis (Andretti) e Oliver Rowland e o alemão André Lotterer (Porsche) superaram o tempo do neerlandês, no final de uma sessão em que 20, dos 22 pilotos em pista, couberam num segundo.

O português António Félix da Costa (DS) acabou por ficar com o 12.º tempo, como consequência do facto de, na sua derradeira volta, ter sido mostrada a bandeira amarela, o que levou o piloto a abortar a volta e a entrar directamente na “box”.

Melhores tempos – Jack Dennis (Andretti), 1’13,661”; Oliver Rowland (Mahindra), 1’13,743”; André Lotterer (Porsche), 1’13,750”; Nyck De Vries (Mercedes), 1’13,767”; Lucas Di Grassi (Venturi), 1’13,807”; Mitch Evans (Jaguar), 1’13,858”; Max Gunther (Nissan), 1’13,880”; Stoffel Vandoorne (Mercedes); 1’13,933”; Sérgio Sette Câmara (Penske), 1’13,951”; Oliver Askew (Andretti), 1’33,993”; …; António Félix da Costa (DS), 1’14,109”. Treinaram mais 10 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.