Ivan Ares assume comando nas Canarias

Piloto espanhol terminou a ronda desta sexta-feira na liderança do Rally Islas Canarias, pontuável para o Campeonato Europeu de Rally (ERC), com uma vantagem de 7,5 segundos sobre Adrien Fourmaux.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O espanhol Ivan Ares (Hyundai i20 R5) terminou o primeiro dia do Rally Islas Canárias, derradeira prova do Campeonato da Europa de Ralis, no comando da prova lugar a que ascendeu, na penúltima especial do dia, ao aproveitar o facto do seu compatriota Nil Solans (Skoda Fabia R2 Evo) ter feito um pião, na classificativa anterior e ter perdido algum avanço, e a acusar o aumento da intensidade da chuva.

O piloto do Skoda terminou o dia na terceira posição, atrás, ainda, do francês Adrien Fourmaux (Ford Fiesta R2) que, nos curtos 1530 metros da Super Especial que fechava o dia, conseguiu ganhar 7,0” ao espanhol e ascender ao segundo lugar, com o trio da frente a partir para o derradeiro dia separado por 9,0”.

O quarto, o francês Yoann Bonato (Citroen C3 R5) está a 39,2” do piloto da marca sul-coreana e a possibilidade de chegar ao pódio final, parece passar mais por um problema entre os três da frente do que na sua capacidade para neutralizar o atraso acumulado nas nove primeiras provas de classificação.

Na luta pelo título, o russo Alexey Lukyanuk (Citroen C3 R5) continua a adoptar uma táctica de contenção, com a vantagem de estar logo atrás do sueco Oliver Solberg (VW Polo GTi R5), o seu mais directo opositor na discussão do título, pelo que tudo se conjuga para que o conquiste no final da prova.

Entre os portugueses, Pedro Almeida (Peugeot 208 Rally4) manteve, da parte da tarde, o quarto lugar entre os RC4, sendo 31.º da geral, com o piloto a confessar que «não gosto destas especiais e não fiz a escolha de pneus correcta», enquanto José Paula (Peugeot 208 T16 R5) acabou o dia no 39.º lugar.

 

Classificação, após nove especiais – 1.º, Ivan Ares/David Vazquez (Hyundai i20 R5), 1.06,58,8”; 2.º, Adrien Fourmaux/Renaud Jamoul (Ford Fiesta R2), a 7,5”; 3.º, Nil Solans/Xavi Moreno (Skoda Fabia R2 Evo), a 9,0”; 4º, Yoann Bonato/Benjamin Boulkloud (Citroen C3 R5), a 39,2”; 5.º, Jose Antonio Suarez/Alberto Iglesias (Skoda Fabia R2 Evo), a 1’08,1”; 6.º, Luis Monzon/Jose Carlos Deniz (Citroen C3 R5), a 1’10,6”; 7.º, Oliver Solberg/Aaron Johnstone (VW Polo GTi R5), a 1’30,1”; 8.º, Alexey Lukaynuk/Alexey Arnautov (Citroen C3 R5), a 1’31,9”; 9.º, Marijan Griebel/Pirmin Winklhofer (Citroen C3 R5), a 1’33,0”; 10.º, Yeray Lemes/Rogelio Peñate (Hyundai i20 R5), a 1’41,9”; …; 31.º, Pedro Almeida/Hugo Magalhães (Peugeot 208 Rally4), a 4’44,4”; …; 39.º, José Paula/Valter Cardoso (Peugeot 208 T16 R5), a 7’40,8”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *