Isaac Portela com prova conturbada em Vouzela

Aos comandos de um Citroën C2R2, preparado por HAC Motorsport, o piloto leiriense de Maceira navegado por Miguel Susano já está a preparar o Rali Vidreiro Centro de Portugal, na estrada em meados de Outubro.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: NUNO DINIS PHOTOS

A região do Dão Lafões recebeu a quarta prova do Campeonato Centro de Ralis e Isaac Portela e Miguel Susano rumaram até Vouzela, para a 8.ª edição do Constálica Rallye de Vouzela, em busca de um bom resultado, mas alguns percalços condicionaram a prova da dupla do C2R2, que ainda assim demonstraram uma boa performance no asfalto vouzelense.

«Iniciamos a prova com algumas cautelas e tínhamos planeado atacar no troço maior, mas um furo no pneu da frente do lado direito, ao terceiro quilómetro da primeira passagem pelo troço Penoita/SIN Profile, condicionou um pouco a nossa prova, pois nas duas especiais seguintes não podíamos arriscar para não voltarmos a furar, pois já não tínhamos nenhum pneu suplente para montarmos», começou por referir o piloto de Maceira, concelho de Leiria.

«Ainda assim arriscámos um pouco nos restantes 10 km desta especial e só perdemos um pouco mais de um minuto. Na última especial da manhã decidimos arriscar um pouco e foi uma aposta ganha, pois conseguimos recuperar algumas posições», adiantou o piloto da região leiriense.

«Na parte da tarde e, apenas com dois troços pela frente, andámos rápido mas limitámo-nos gerir o andamento sem cometer erros nem excessos que nos permitiu um 5.º lugar no Desafio Kumho, 3.º lugar nos X1 e 12.º lugar na classificação geral», sublinhou Isaac Portela.

«Saímos de Vouzela conscientes que queríamos outro resultado, mas os ralis são mesmo assim e levamos daqui mais uma aprendizagem para o futuro», sustentou ainda o piloto do C2R2.

Agendado para os dias 15 e 16 de Outubro, o Rali Vidreiro Centro de Portugal, disputado em pisos de asfalto com organização do Clube Automóvel da Marinha Grande é próximo desafio a dupla Isaac Portela e Miguel Susano, também aos comanos do Citroën C2R2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *