Insólito no Bahrain com cão a invadir a pista

O segundo treino livre do GP do Bahrein foi interrompido apenas 27 segundos depois da direcção de prova abrir a pista após o acidente de Alex Albon, fruto da invasão de um cão que surgiu na pista, causando a segunda bandeira vermelha.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A segunda sessão de treinos livres para o GP do Brahrain ficou marcada por duas interrupções, que obrigaram à exibição da bandeira encarnada. A primeira quando o inglês Alexander Albon (Red Bull/Honda) foi vítima de um violento despiste que, no entanto, não o impediu de fechar o lote dos 10 mais rápidos, apesar de não ter rodado na segunda parte da sessão.

Todavia, o acidente fê-lo passar pelo hospital do circuito e vai obrigar a equipa a intenso trabalho nocturno, para recuperar o carro que mais parecia “chapéu de pobre”, e a segunda, logo depois após a sessão ter recomeçado, um cão atravessou as barreiras de protecção e os “rails” e fez-se passear na pista, com a sessão a recomeçar quando o cão encontrou um “buraco” para sair do traçado.

Inalterável manteve-se a superioridade do inglês Lewis Hamilton (Mercedes), único a chegar ao segundo “28”, mas, desta vez, o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) conseguiu superar o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), por 0,018”, e garantir o segundo tempo da sessão.

O mexicano Sérgio Perez (Racing Point/Mercedes), terceiro na sessão de abertura, registou o quarto tempo, à frente do australiano Daniel Riccardo (Renault).

Logo atrás ficarm o francês Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda), confirmado na equipa para 2021, quando desejava voltar à Red Bull, o inglês Lando Norris (McLaren/Renault), o canadiano Lance Stroll (Racing Point/Mercedes) e o russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri/Honda), todos eles mais rápidos que Alexandre Albon.

Tal como sucedeu na primeira sessão a Ferrari não conseguiu colocar nenhum dos carros entre os 10 primeiros, com o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), 12.º, a superar o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), com o alemão a dizer, via rádio, que «se soubesse que era permitido trazer cães, tinha trazido o meu»

TEMPOS DOS TREINOS

PILOTO CARRO MOTOR 1.º TREINO 2.º TREINO
         
Lewis Hamilton Mercedes W11 Mercedes 1’29,033″ 1’28,971″
Max Verstappen Red Bull RB16 Honda 1’30,294″ 1’29,318″
Valtteri Bottas Mercedes W11 Mercedes 1’29,482″ 1’29,336″
Sergio Perez Racing Point RP20 Mercedes 1’30,000″ 1’29,403″
Daniel Ricciardo Renault RS20 Renault 1’30,508″ 1’29,462″
Pierre Gasly Alpha Tauri AT01 Honda 1’30,049″ 1’29,551″
Lando Norris McLaren MCL35 Renault 1’31,392″ 1’29,841″
Lance Stroll Racing Point RP20 Mercedes 1’30,426″ 1’29,871″
Danill Kvyat Alpha Tauri AT01 Honda 1’31,020″ 1’29,900″
Alexander Albon Red Bull RB16 Honda 1’30,302″ 1’30,014″
Esteban Ocon Renault RS20 Renault 1’30,384″ 1’30,085″
Sebastian Vettel Ferrari SF1000 Ferrari 1’30,628″ 1’30,110″
Carlos Sainz McLaren MCL35 Renault 1’30,018″ 1’30,271″
Charles Leclerc Ferrari SF1000 Ferrari 1’30,589″ 1’30,407″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C39 Ferrari 1’30,896″ 1’30,627″
Kevin Magnussen Haas VF-20 Ferrari 1’30,854″ 1’30,849″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C39 Ferrari sem tempo 1’30,928″
Nicholas Latifi Williams FW 43 Mercedes 1’32,472″ 1’30,973″
Romain Grosjean Haas VF-20 Ferrari 1’30,823″ 1’31,119″
George Russell Williams FW 43 Mercedes sem tempo 1’31,636″
Robert Kubica Alfa Romeo C39 Ferrari 1’30,732″ sem tempo
Roy Nissany Williams FW 43 Mercedes 1’32,801″ sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *