Inglês Elfyn Evans já está a dominar na Catalunha

Aos comandos de um Toyota Yaris WRC, o piloto inglês está no topo da classificação no Rali RACC da Catalunha, seguido do belga Thierry Neuville (Hyundai I20 Coupé WRC) e Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC).

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Consciente de que só a vitória lhe interessa para adiar a decisão do título para o Rali de Monza, a derradeira prova da temporada, tal como sucedeu o ano passado e onde, numa saída de estrada, perdeu as hipóteses de o conquistar, Elfyn Evans (Toyota Yaris WRC) entrou ao ataque no Rali da Catalunha.

O piloto inglês foi o mais rápido na especial de abertura (Villaplana – 20,00 km), onde ganhou 5,1 segundos a Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC), fazendo o mesmo tempo que o belga na segunda (La Granadella – 21,80 km) e ganhou-lhe 2,8 segundos na terceira (Riba-Roja 1 – 14,21 km).

Perante este cenário o piloto inglês chegou ao Parque de Assistência, no final da primeira volta pelas três classificativas do dia, com 7,9” de vantagem sobre o seu mais directo perseguidor.

Apesar de abrir a estrada, o que é menos penalizante que noutras circunstâncias por a prova decorrer em pisos de asfalto, o francês Sébastien Ogier (Toyoya Yaris WRC) é terceiro, dando a sensação de estar numa posição de expectativa, à frente do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupé WRC) que, na última especial, teve uma ligeira saída de estrada que o fez perder algum tempo.

Por sua vez o estónio Ott Tanak (Hyundai i20 Coupé WRC), que hoje completa 34 anos, atrasou-se em consequência de um pião, logo na primeira curva da segunda classificativa, e caiu para sexto, atrás, ainda do finlandês Kalle Rovampera (Toyota Yaris WRC), enquanto o japonês Takamoto Katsuta (Toyota Yaris WRC) bateu forte na especial de abertura, danificou a frente direita e foi obrigado a desistir.

No que diz respeito aos RC2, a Citroen domina com o francês Eric Camilli (Citroen C3 Rally2) e o norueguês Mads Ostberg (Citroen C2 Rally2) no comando da categoria, separados por 0,4”, com o Nikolay Gryazin (VW Polo GTi R5) a ocupar a terceira posição, a 9,6” do norueguês.

Classificação após três especiais – 1.º Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC), 30’33,7”; 2.º Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 Coupé WRC), a 7,9”; 3.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC), a 12,6”; 4.º Dani Sordo/Cândido Carrera (Hyundai i20 Coupé WRC), a 16,7”; 5.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC), a 25,1”; 6.º Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 Coupé WRC), a 33,1”; 7.º Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Fiesta WRC), a 48,3”; 8.º Gus Greensmith/Chris Patterson (Ford Fiesta WRC), a 59,9”; 9.º Oliver Solberg/Craig Drew (Hyundai i20 Coupé WRC), a 1’12,0”; 10.º Nil Solans/Marc Marti (Hyundai i20 Coupé WRC), a 1’30,2”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *