Iberian Historic Endurance 2021 apresentado

Criado com o mote “Relaxed Historic Racing”, o Iberian Historic Endurance revelou o calendário provisório para 2021, que inclui passagens pelos principais circuitos Ibéricos.

(auto.look2010@gmail.com)

Na sua 9.ª temporada, o Iberian Historic Endurance terá um calendário claramente influenciado pela pandemia. O início da temporada está marcado apenas para 1 e 2 de Maio, num fim-de-semana de primavera, onde se esperam agradáveis temperaturas no Autódromo Internacional do Algarve.

Passado um mês, a caravana da competição Ibérica regressa ao popular evento de Jarama, um circuito perfeito para os Clássicos. Com mais de 50 anos, o traçado é dos poucos circuitos ainda não modificados. Também a sua localização no centro da Península Ibérica, torna o evento de 5 e 6 de Junho atractivo para as todas equipas independentemente do seu posicionamento no território nacional e espanhol.

A competição segue depois para a sua última paragem antes do Verão. Entre 25 e 27 de Junho, o Iberian Historic Endurance terá a única prova fora da Península Ibérica. Trata-se das 3 Horas de SPA que tem sido uma prova que esgotou nas últimas três edições e colocada no centro da Europa facilmente recebe equipas de todos os pontos do Velho Continente.

Após o período de férias, o regresso da competição acontecerá de 8 a 10 de Outubro, logo com o muito esperado Estoril Classics. O maior evento “Historic Racing” do sul da Europa, deixou “água na boca” por quem o seguiu em 2020 e mesmo com a pandemia teve a grelha esgotada.

Após o Verão, é esperado que o evento patrocinado pela Associação de Turismo de Cascais seja, inclusive, o primeiro evento com público, mas só a imprevisível evolução da pandemia, da vacinação e das regulações em vigor no momento poderão mais perto da data dar alguma certeza.

Em Novembro, o Iberian Historic Endurance, competição que não é um campeonato e onde as equipas competem apenas pelo amor à competição e tentando obter o melhore resultado possível naquela prova em questão, tem a segunda prova espanhola em Jerez de la Frontera a 6 e 7 de Novembro, terminando depois na grande e tradicional resistência dos 250 Km do Estoril em 20 e 21 de Novembro.

Antes da época começar, será realizado um dia de testes, dentro de 1 mês e meio, ou seja, no dia 13 de Março, onde máquinas e pilotos podem desenferrujar depois de um longo período de paragem.

O fundador do Iberian Historic Endurance respondendo como a pandemia poderá mudar o calendário comentou que, «neste momento, a única certeza para 2021 é a incerteza que nos assola desde a chegada da pandemia». «Assim, o melhor que podemos fazer é ter um plano inicial e ir trabalhando cada evento em conjunto com as autoridades de saúde, circuitos e equipas, para o conseguir colocar de pé, caso a situação naquele momento o permita. Se por um lado é desapontante estar a preparar provas que podem vir a sofrer alterações por situações fora do nosso controlo, por outro lado este desporto, individual e ao ar livre, é um dos poucos que nos permite usufruir momentos de escape e aventura nestes difíceis tempos. Claro está, se não planearmos os eventos, eles nunca serão uma realidade. Nós vamos fazer o nosso trabalho de casa e esperar pelo melhor», admitiu Diogo Ferrão.

O calendário de 2021 do Iberian Historic Endurance fica assim apresentado, mantendo a competição o regulamento desportivo e técnico que tanto sucesso tem criado. Mais informação sobre cada evento pode ser encontrada no website da competição em historicendurance.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *