Hyundai BAYON apresentado hoje mundialmente

O novo B-SUV da marca sul coreana, Hyundai BAYON, terá a sua estreia mundial digital, esta terça-feira, às 9h00 (hora de Lisboa). O evento de lançamento internacional vai dar a conhecer artistas de toda a Europa, que irão apresentar obras de arte inspiradas nos detalhes de design distintivos do novo modelo.

(auto.look2010@gmail.com)

O novo Hyundai BAYON, crossover do segmento B-SUV, vai ser apresentado mundialmente, esta terça-feira, às 09h00. O novo Hyundai BAYON vai juntar-se aos modelos KAUAI, TUCSON, NEXO e SANTA FE, tornando-se o mais recente membro da popular gama de SUV’s da Hyundai na Europa.

De forma a assinalar o lançamento mundial deste novo modelo, nove artistas, de toda a Europa, foram convidados a criar uma peça de arte única, inspirada nos elementos de design característicos do carro. A campanha de lançamento do novo modelo contará com estes trabalhos, sendo que alguns deles serão apresentados como uma parte da estreia mundial digital.

O nome BAYON foi inspirado na cidade de Bayonne, no sudoeste de França. O novo tipo de carroçaria do SUV crossover Hyundai BAYON corresponde às necessidades de condução nas cidades europeias, tornando-o adequado para condutores urbanos, que desejam conjugar conforto e design.

UM DESIGN ÚNICO

O novo Hyundai BAYON possui um design exterior exclusivo para uma aparência única na estrada, o modelo mais recente da marca a incorporar a identidade de design Sensuous Sportiness, que combina o valor emocional com soluções de design inovadoras.

Tendo em conta o design deste modelo totalmente novo, a Hyundai planeou uma apresentação inovadora e criativa. Conforme já foi referido, nove artistas foram convidados a aplicar as suas próprias direcções criativas, tendo como inspiração os elementos de design distintivos do carro. As nove obras de arte que criaram destacam várias características do veículo, trazendo uma nova perspectiva e enfatizando o visual único do Hyundai BAYON.

Os nove artistas são Jan Gemrot (República Checa), Bahar (França), Guido Zimmermann (Alemanha), Camilla Alberti (Itália), Vincent de Boer (Holanda), Pola Augustynowiczs (Polónia), Nuriatoll (Espanha), Soyhan Baltaci (Turquia) e Nathaniel Rackowe (Reino Unido).

A peça de Jan Gemrot, por exemplo, inspira-se nos grupos ópticos traseiros exclusivos, em forma de flecha, dando origem a uma arte ousada que evoca a liberdade e o dinamismo do modelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *