Holandês Max Verstappen voltou a “ganhar asas”

O piloto da Red Bull/Honda foi o mais rápido da terceira sessão se treinos livres para o Grande Prémio de Itália, com o inglês Lando Norris a surpreender tudo e todos, com o brilhante segundo melhor tempo. O compatriota Lewis Hamilton cotou-se o terceiro melhor na sessão, embora muito próximo de do holandês Max Verstappen.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Max Verstappen (Red Bull/Honda)

A derradeira sessão de treinos foi, tal como sucedera nas duas sessões de ontem, interrompida, neste caso, em consequência de uma saída de pista do canadiano Nicolas Latifi (Williams/Renault), mas a interrupção foi curta, porque o piloto conseguiu retirar o carro do local do acidente, pelos seus meios, e regressar, às “boxes”, com a asa dianteira danificada, mas a permitir um rápido regresso à acção dos seus adversários.

No final da sessão, o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) “saltou” para o primeiro lugar, sendo o único a baixar do segundo “15” e assumindo a candidatura à “pole position” que, a concretizar-se, será a repetição do sucedido na corrida inaugural.

Lando Norris (McLaren/Mercedes)

Surpresa o segundo tempo do inglês Lando Norris (McLaren/Mercedes), por ontem a McLaren ter revelado alguma dificuldade de adaptação ao traçado de Imola, tal como o piloto tinha previsto mas a parecer ter encontrado a solução para os resolver.

O inglês Lewis Hamilton (Mercedes) garantiu a terceira posição, mas ficou a sensação que a marca da estrela escondeu o “jogo”, na perspectiva de poder surpreender na qualificação.

Mostrando uma maior adaptação ao carro, o mexicano Sérgio Perez (Red Bull/Honda) confirmou a superioridade da equipa no circuito italiano, sendo a única a colocar os dois carros nos cinco primeiros lugares.

Lewis Hamilton (Mercedes)

Durante algum tempo a Ferrari ocupou as duas primeiras posições, mas acabou por ver o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) descer para quinto e o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), para sétimo, com o francês Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda) a ficar a separar os dois carros de Maranello, numa confirmação do que havia feito na véspera.

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), o espanhol Fernando Alonso (Alpine/Renault) e o francês Esteban Ocon (Alpine/Renault) fecharam o lote dos 10 primeiros, com a equipa francesa a mostrar que quer entrar na luta pelo lugar de “melhor dos outros”, considerando que Mercedes e Red Bull estão um passo à frente da concorrência.

TEMPOS DO TREINO

PILOTO CARRO MOTOR TREINO
       
Max Verstappen Red Bull RB16B Honda 1’14,958″
Lando Norris McLaren MCL35 Mercedes 1’15,414″
Lewis Hamilton Mercedes W12 Mercedes 1’15,515″
Sergio Perez Red Bull RB16B Honda 1’15,551″
Charles Leclerc Ferrari SF21 Ferrari 1’15,738″
Pierre Gasly Alpha Tauri AT02 Honda 1’15,890″
Carlos Sainz Ferrari SF21 Ferrari 1’15,908″
Valtteri Bottas Mercedes W12 Mercedes 1’15,908″
Fernando Alonso Alpine A521 Renault 1’16,186″
Esteban Ocon Alpine A521 Renault 1’16,228″
Yuiki Tsunoda Alpha Tauri AT02 Honda 1’16,230″
Lance Stroll Aston Martin AMR21 Mercedes 1’16245″
Daniel Ricciardo McLaren MCL35 Mercedes 1’16,253″
Sebastian Vettel Aston Martin AMR21 Mercedes 1’16,389″
George Russell Williams FW 43B Mercedes 1’16,427″
Mick Schumacher Haas VF-21 Ferrari 1’16,448″
Nicholas Latifi Williams FW 43B Mercedes 1’16,537″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C41 Ferrari 1’16,612
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C41 Ferrari 1’16,803″
Nikita Mazepin Haas VF-21 Ferrari 1’17,398″

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *