Historic Endurance e Carrera los 80’s em Jerez

Lista de Incritos O Iberian Historic Endurance e Carrera Los 80’s visitam este fim-de-semana Jerez de La Frontera para a festa final das competições em 2020. Um formato de corrida de duas horas com reabastecimentos e troca de pilotos a prometer mais emoção.

(auto.look2010@gmail.com)

É já nos próximos dias 12 e 13 de Dezembro que o Iberian Historic Endurance e a nova competição Carrera los 80’s irão visitar ao sul de Espanha da província de Cádis, na comunidade autónoma da Andaluzia. As 15 curvas do circuito de Jerez de La Frontera já receberam a Fórmula 1 e, hoje em dia, recebem a ronda mais importante dos bravos do MotoGP. O tempo ameno que se costuma encontrar nesta região de Espanha cativa pilotos e equipas, que também encontram excelentes condições para a prática da competição automóvel.

Este ano, para o final da época, ao invés do formato normal de 2 x 50 minutos de prova, a prova irá utilizar o formato de resistência com uma prova de 250 km, com quatro turnos de condução e bombas para reabastecimento. Juntam-se também à festa Andaluza as competições GT4 South European e o Campeonato Andaluz de Turismos, no qual se fará, também, uma homenagem a Paco Melero, o antigo presidente da Federação Andaluza que muito batalhou para a popularidade do desporto motorizado na Andaluzia.

MAIS DE 30 EQUIPAS INSCRITAS

Com 34 equipas inscritas, é certo que a maior parte são de origem ibérica, mas os suíços, pai e filho, Ralf e Max Huber, voltam a marcar presença na categoria H65 do Historic Endurance com o seu espectacular Ford Shelby GT350, depois de não conseguirem terminar no Estoril. Também o francês Vincent Tourneur, com um recém-adquirido Porsche 911 SWB, faz questão de se alistar para esta prova e acrescentar um carro à categoria dos Gentlemen Driver Spirit (GDS).

Esta categoria que aceita Turismos até 1965 e carros até 1300 até 1976 é a mais popular, incluindo quatro Datsun 1200 e oito Mini Cooper. É aqui que também vão encontrar a concorrência do emblemático Ford Cortina Lotus de Luís Sousa Ribeiro ou o bonito Porsche 911 SWB de Nuno Nunes. Ainda o Espanhol António Castro regressa com o peculiar Ford Anglia, que também se insere nesta mesma GDS.

Nos H76, Piero Dal Maso com o Porsche 2.8 RSR irá defender as cores da marca de Estugarda com a companhia na mesma categoria dos dois Ford Escort RS2000 MK2, um pilotado por Paulo Vieira e o segundo pela dupla José Basso/Ricardo Pereira.

A categoria dos H1971 irá contar com o Ford Escort MK1 de António Simões que regressa às competições após dois anos de interregno. O ex-piloto da Fórmula 3000 terá pela frente uma forte oposição de três Porsche 2.5 ST: um terá a dupla pai e filho Idelfonso e Alfonso Garcia, também o regresso de António Gutierrez que traz os amigos Alvaro Achagavias e Jesus Fuster e o português José Carvalhosa que irá participar a solo. Também Manuel de la Torre regressa à competição com o seu invulgar Porsche 914/6.

Na categoria HGTP, João Mira Gomes/Nuno Afoito marcam presença no seu fiel Lotus Seven, num fim-de-semana que poderá repetir o resultado dos 250 KM do Estoril de 2014 e inclusive ser o primeiro a cortar a linha de meta.

COMPETIÇÃO PARA CARROS DOS ANOS 80

Na Carrera Los 80’s, a nova competição para carros dos anos 80’s e que nesta prova corre em conjunto com o Historic Endurance, irá receber Paulo Duarde Faria com o seu VW Golf GTI, mas também Manuel Ferrão com o Ford Escort RS1800 MK2 ex-RODAM.

Na categoria T MAX (Touring cars acima de 2000 cc), os espanhóis pai e filho Jaime Artajo/Jaime Artajo Navarre inscreveram o “novo” BMW E30 325i com as cores da Repsol. Já na categoria GT Trophy, para GT’s em versão troféu, teremos Lucas Gonzalez-Anleo e Jorge Lopez com um raro Porsche 968 CS e Gonzalo Mateo/Francho Ichegoyen em Porsche 928.

Para o organizador do evento, Diogo Ferrão, «este ano foi, de facto, complicado em termos de realização de provas, mas é um privilégio conseguirmos terminar o ano com uma grelha cheia de bonitos automóveis clássicos, todos juntos a disputar uma grelha».

«Este é o oitavo ano que nos deslocamos a Jerez de La Frontera e voltamos à data inicial em Dezembro onde apanhamos bonitos dias de Inverno. Jerez é uma das provas mais emblemáticas pelo ambiente envolvente e será a nossa última prova nos próximos 5 meses de pandemia», sublinhou Diogo Ferrão.

Os treinos cronometrados estão marcados para as 10h00 de domingo, dia 13 de Dezembro, com a corrida a realizar-se no mesmo dia às 12h10. Sem a possibilidade de público presente, pode seguir os resultados da prova através da aplicação gratuita da Race Ready para telemóvel na APP Store ou Playstore ou através das redes sociais.

HORÁRIO

Sábado (12 de Dezembro)

15h10 – Treinos Privados

Domingo (13 de Dezembro)

10h00 – Qualificação

12h10 – Corrida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *