Habimóvel de mão cheia em Castelo Branco

O Team Habimóvel AS Racing encontra-se em grande número no Rali de Castelo Branco para enfrentar o Campeonato Centro de Ralis e Troféu Kumho Portugal, versão Asfalto.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Às equipas denominadas “oficiais” do Team Habimóvel AS Racing, António Santos/Tiago Silva (Opel Kadett GSI), Luís Almeida/Ricardo Bettencourt (Fiat Punto HGT 16V) e Nuno Santos/Marco Vilas Boas (Toyota Yaris), juntam-se as formações com fortes ligações ao grupo Habimóvel, empresa de construção de casas modernas e ecológicas à medida do sonho dos seus clientes, nomeadamente Armando Carvalho/Ana Santos (Mitsubishi Lancer Evo V) e Gonçalo Henriques/Tomás Branco (Renault Clio).

Como na construção em madeira, que não deixa de ser uma solução muito inteligente e económica e uma excelente alternativa à construção tradicional, um material de grande fiabilidade e altamente ecológico e sustentável, em que é preciso uma grande mão para colocar “mãos à obra”, também o Team Habimóvel AS Racing está no Rali de Castelo Branco de mão cheia para enfrentar mais um enorme desafio.

Com a particularidade de todos os pilotos serem provenientes de Vila Nova de Poiares, o Team Habimóvel AS Racing volta a destacar-se com o simples facto de introduzir nas suas fileiras mais um “debutante” no que diz respeito aos ralis. Trata-se de Nuno Santos que fará a sua estreia ao volante de um Toyota Yaris alugado à Art of Speed e que terá no experiente navegador portuense, Marco Vilas Boas, um “fragmento” importante na sua aprendizagem.

Já as restantes equipas não sofrem grandes alterações no seu desígnio, com António Santos, navegado por Tiago Silva, a servir-se do Opel Kadett GSI para enfrentar o asfalto da prova desenhada pela Escuderia Castelo Branco que apresenta um elenco luxuoso.

Também Luís Almeida, cada vez mais familiarizado com o navegador Ricardo Bettencourt e o Fiat Punto HGT 16V, está optimista para mais este compromisso no Interior Centro do país, em que a estrutura organizadora recuperou as exigentes especiais de Vila Velha de Ródão.

O Team Habimóvel AS Racing reúne todas as condições para mais um rali de enorme qualidade, fruto da experiência dos homens que dirigem a Escuderia Castelo Branco, mas a Habimóvel não de fica pelas denominadas três equipas “oficiais”.

Na prova albicastrense, a empresa familiar de Vila Nova de Poiares apoia duas duplas de excelente quilate: Armando Carvalho/Ana Santos e Gonçalo Henriques/Tomás Branco com o número 52 e 58 nas portas do Mitsubishi Lancer Evo V e Renault Clio, respectivamente.

A dupla Armando Carvalho e Ana Santos surgem no Rali de Castelo Branco na segunda posição à geral do Campeonato Centro de Ralis, com 51,71 pontos, onde esperam amealhar mais para reforçar a ambição de lutar pelo lugar mais alto do pódio, ocupado, neste momento por Fernando Teotónio. Enquanto isso, Gonçalo Henriques e Tomás Branco, também dois jovens promissores, não descartam a oportunidade de andar a um nível muito rápido e deixarem um rasto de excelente performance com as cores Habimóvel e AUTOLOOK.

O Rali de Castelo Branco arranca este sábado à tarde e prossegue amanhã, com os concorrentes do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) a terem de percorrer 10 classificativas e os do Campeonato Centro de Ralis (CCR) seis.

A prova arranca em Castelo Branco (15h00) onde o primeiro dia termina (22h50) depois dos participantes no CPR cumprirem uma dupla passagem por Vilas Ruivas (16,31 km – 16h21 e 18h12) intervaladas pela passagem por Foz do Cobrão (14,67 km – 17h19), para o dia terminar com uma dupla passagem pela Super Especial Reconquista (2,02 km – 21h15 e 21h30), cuja classificação é definida pela soma dos tempos nas duas passagens.

Amanhã, a prova está na estrada entre as 9h00 e as 16h12, com os concorrentes do CPR a passarem duas vezes pelas provas de classificação de Paiágua – Pé da Serra (12,59 km – 10h16 e 14h01), Dáspera – Sesmo – Salgueiral (12,24 km – 10h49 e 14h34) e St.º André das Tojeiras (13,96 km – 11h17 e 15h02).

No que diz respeito ao CCR, os participantes, para o dia de hoje (sábado), passam uma vez por Vilas Ruivas e cumprem a dupla passagem pela Super Especial, para amanhã percorrerem duas vezes as provas de classificação de Dáspera – Sesmo – Salgueiral e St.º André das Tojeiras.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação