Gustavo Gaudêncio venceu Baja TT nas motos

Piloto do Team Bianchi Prata, em Honda, foi o grande vencedor das motos da 33.ª edição da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal que se disputou este fim-de-semana nos concelhos de Reguengos de Monsaraz, Redondo e Évora.

(auto.look2010@gmail.com)

Paulo Santos

Gustavo Gaudêncio, que este ano faz o seu regresso às competições, depois de uma ausência de cinco anos, regressou aos triunfos absolutos nas motos ao fim de 13 anos. O piloto do Team Bianchi Prata ganhou a prova com uma moto da classe TT1.

Salvador Amaral, em Honda, no seu primeiro ano de Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, terminou em segundo lugar, ganhou a classe júnior e foi segundo na classe TT2. Paulo Santos, igualmente em Honda, foi o vencedor entre os veteranos e da classe TT3. Um pódio absoluto integralmente Honda como já não se via há muito tempo.

Miguel Castro, em KTM, também a fazer o seu primeiro ano de CNTT ficou em quarto e venceu a classe TT2 à frente do consagrado David Megre em KTM que encerrou o top5. Já Mário Patrão, em KTM, venceu entre os pilotos inscritos para o Campeonato da Europa de Bajas, à frente de Tiago Santos e de José Alvoeiro. Na classe Promoção triunfou João Pires em Yamaha.

Salvador Amaral

Gustavo Gaudêncio mostrou-se muito satisfeito com esta vitória: «A última prova que consegui vencer à geral foi em 2008 na Ferraria. Esta competição correu bem desde o prólogo. A etapa de sábado foi boa e consegui andar sempre rápido, mas a meio da corrida comecei a perder tempo para os meus adversários e por isso tive que atacar na zona técnica. Hoje tinha a responsabilidade de segurar o lugar. Tinha alguma vantagem para o segundo classificado, no entanto há sempre a pressão extra de partir à frente da corrida e abrir a pista. Para piorar começou a chover e havia riscos acrescidos. Assi, manter o primeiro lugar foi difícil, mas no final correu tudo bem», referiu Gustavo Gaudêncio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *