Gui Gomes motivado com pódio na Carvoeira

Jovem piloto de Soure apresentou-se na pista situada nos arredores de Torres Vedras e voltou a esgrimir argumentos no Campeonato Nacional de Motocross 65cc. Esta segunda-feira parte para Itália para alinhar na segunda prova do Europeu de Motocross 65cc – Zona Sudoeste.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: RUBEN POLICARPO PHOTOGRAPHY

A Pista Eco Parque Serra S. Julião, situada na freguesia de Carvoeira, em Torres Vedras, recebeu este fim-de-semana toda a caravana, para a disputa da segunda ronda pontuável para o Campeonato Nacional de Motocross 65cc. Entre quase duas dezenas de jovens pilotos nesta categoria, estava Guilherme Gomes – KTM 65SX. O jovem piloto sourense ainda não se encontra a 100% da lesão contraída na jornada de abertura do Nacional, no entanto era importante a conquista de pontos.

E em boa hora o fez, pois apesar de apenas ter garantido o quarto tempo nos treinos livres, Gui Gomes acabou a manhã com o segundo melhor registo da classe. O pequeno piloto natural de Soure sentiu algumas dificuldades em colocar tração no chão, devido a alguma lama acumulada ao longo do circuito torriense, mas o saldo veio a tornar-se fracamente importante.

Na primeira final do dia, Guilherme Gomes ocupa de imediato a 3.ª posição. Encetando ataques aos dois primeiros, rapidamente chegou ao segundo posto com a liderança à vista. No entanto uma escolha errada de trajectória, em busca do primeiro lugar, fez com que o piloto Dentalig fosse ao chão. Recuperado o tempo perdido, o #14 viria a terminar a manga no 3.º lugar.

Já na derradeira manga deste domingo, Gui Gomes “carimba” o holeshot e consegue andar na frente sensivelmente três voltas. Com alguma falta de sorte e nova escolha errada de trajectórias, acaba por perder o primeiro lugar na quarta volta e o segundo na sexta. No cômputo geral e com dois terceiros lugares (3.º da geral), Gui Gomes nesta segunda jornada ascende ao 4.º lugar do campeonato.

«Tive muitas dificuldades em colocar tração devido à lama. Nos cronometrados as condições estavam melhores e aí consegui uma volta rápida. Já nas mangas tive algum azar na escolha de trajetórias, no entanto penso que foi um resultado positivo. Ainda sinto algumas dores, mas tentei de tudo para conseguir pontos importantes para o campeonato. Agora é levantar a cabeça e pensar já no próximo objectivo», sustentou Gui Gomes.

O piloto de Soure segue já esta segunda-feira para Itália, de forma a marcar presença no Campeonato Europeu de Motocross 65cc – Zona Sudoeste. O crossódromo “Gina Libani Repetti” em Esanatoglia depois de Fernão Joanes, irá receber a segunda ronda da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *