Gui Gomes com estreia positiva no MX MasterKids

Jovem de Soure, do distrito de Coimbra, aceitou o convite da formação luso-luxemburguesa MX Team Friends para se estacar entre as mais de sete centenas de pilotos presentes.

(auto.look2010@gmail.com)

Depois da anulação o ano passado devido à pandemia, a 19.ª edição do MX Master Kids decorreu este fim-de-semana em Royz-sur-Serre. A comuna situada no norte de França recebeu pela primeira vez a competição e apesar de todos os preparativos, o evento viria a ficar marcado pela muita chuva e pista quase impraticável para os mais de 700 participantes presentes. Entre os inscritos e a convite da equipa luso-luxemburguesa MX Team Friends, estava o jovem Guilherme Gomes – KTM 65 SX.

Inserido na competitiva categoria D (pilotos 65cc entre os 10 e 12 anos), desde cedo o jovem sourense mostrou um bom andamento no traçado gaulês. No seu grupo e logo na sexta-feira Guilherme Gomes garantiu o 12.º e o 11.º nos respectivos treinos livres e cronometrados. Ainda no mesmo dia e, na manga de qualificação, o “pequeno” português teve um mau arranque e foi forçando o ritmo até conseguir terminar na 17.ª posição.

Já no segundo dia de competição, Gui Gomes arrancou dentro do top10 mas, no entanto, esta manga viria a ser um “dejá-vu” do dia anterior. Nova queda e necessidade de realizar uma corrida de trás para a frente, com o jovem de Soure a garantir o 17.º lugar.

Este domingo e devido ao temporal que se abateu pelo norte de França, a organização ainda ponderou concluir a prova sem a derradeira final. O traçado estava completamente enlameado e a progressão das pequenas motos revelou-se impossível. Após alguns ajustes e luz verde, Gui Gomes estava preparado para a sua última manga. Sem qualquer queda nem contratempo, o jovem piloto da KTM garantiu o meritório 11.º lugar da classe.

Uma estreia bastante positiva para Guilherme Gomes, que garante um lugar à porta do Top10. No final, bastante satisfeito comentou: «Quando cá cheguei gostei logo do traçado. Os treinos correram bem, mas as quedas continuam a dificultar-me bastante a vida. Tenho sempre que fazer as mangas de trás para a frente, e nem sempre é fácil ultrapassar».

«O principal propósito era aprender e melhorar a minha condução. O objectivo de correr numa classe superior à minha foi mesmo esse…evoluir mais e melhor. Estas últimas semanas estão a ser excelentes e já notei algumas melhorias. Estou contente com o fim-de-semana e obviamente que ganhei outra confiança para a próxima prova do Europeu», acrescentou o piloto.

Gui Gomes aproveitou a oportunidade «para agradecer a toda a equipa luso-luxemburguesa pois trataram-nos como família, a todos os patrocinadores e em especial aos meus pais que têm sido incansáveis».

O piloto de Soure vai permanecer em França até à próxima ronda do Europeu. O jovem português irá treinar durante os próximos 15 dias no Bud Racing Training Camp em Magescq.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *