GP da Austrália de Fórmula 1 cancelado

O piloto alemão Sebastian Vettel (Ferrari) admitiu uma rebelião de pilotos caso a prova avançasse.

(auto.look2010@gmail.com)

O Grande Prémio da Austrália de Fórmula 1, prova inaugural da temporada, foi oficialmente cancelado, devido ao COVID-19, anunciou esta quinta-feira à noite a Federação Internacional do Automóvel (FIA). A decisão de cancelar o evento foi tomada depois de uma reunião que juntou os principais intervenientes do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, na sequência de um caso positivo de COVID-19 que forçou à desistência da McLaren.

«As discussões daí resultantes saldaram-se numa opinião maioritária das equipas de que a corrida não deveria realizar-se», indica a nota publicada na página oficial da F1. O mesmo texto enaltece o esforço da organização da prova australiana, mas recorda que «a segurança de todos os membros da família da Fórmula 1 e da sua comunidade mais alargada, assim como a justiça na competição são prioritárias».

Este é o primeiro cancelamento de uma prova de Fórmula 1 desde o Bahrein em 2011. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) tinha admitido a possibilidade de os pilotos se recusarem a correr. Este anúncio surge pouco depois de o primeiro-ministro do estado de Vitória, Daniel Andrews, ter anunciado a realização da prova ainda que sem público nas bancadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: