George Russell junta-se a Hamilton na Mercedes

Está confirmado um dos rumores mais persistentes dos últimos tempos no paddock da Fórmula 1: George Russell será o novo companheiro de Lewis Hamilton na Mercedes-AMG Petronas, anunciou esta terça-feira a equipa britânica.

(auto.look2010@gmail.com)

O piloto da Williams junta-se ao sete vezes campeão do campeonato de Construtores a partir da próxima temporada, que será de estreia para os novos regulamentos e para os novos carros da modalidade. Em declarações ao site oficial da equipa, George Russell não escondeu o entusiasmo por este passo em frente na sua carreira.

«Olhando para a próxima temporada, estaria a mentir se dissesse que não estou muito entusiasmado. É uma grande oportunidade e quero agarra-la com as duas mãos. Mas não tenho ilusões quanto ao tamanho do desafio, vai ser uma curva de aprendizagem íngreme. O meu objetivo é recompensar a confiança que Toto (Wolff), a equipa e a direção depositaram em mim», disse.

O anúncio surge um dia depois da oficialização da saída de Valtteri Bottas para a Alfa Romeo no próximo ano. Russell começou na Fórmula 1 em 2019, ao serviço da Williams, depois de ter feito parte do programa de jovens pilotos da Mercedes. Conquistou o seu primeiro pódio no Grande Prémio da Bélgica, em SPA, terminando no segundo posto de uma corrida fortemente marcada pela chuva que fez com que apenas duas voltas ao circuito fossem realizadas.

O britânico junta-se à Mercedes no próximo ano, mas não será a sua estreia ao volante do carro da equipa: no Grande Prémio de Sakhir, o britânico foi chamado para ocupar o lugar de Lewis Hamilton, infetado com a Covid-19 e ficou perto da primeira vitória, não fosse um “pit stop” caótico e um furo a 10 voltas do final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *