Furos liquidam aspirações de campeões

Sébastien Ogier e Ott Tanak não evitaram que as suas viaturas furassem na segunda passagem pela especial e Góis, na distância de 19,33 quilómetros, e, de uma assentada só, viram-se numa situação complicada para ambicionar o lugar mais alto do pódio no Vodafone Rally de Portugal.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com

O francês Sébastien Ogier (Toyota GR Yaris Rally1) e o estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1) viram as suas esperanças de vencer a edição 2022 do Vodafone Rally de Portugal esfumarem-se em consequência dos furos sofridos na segunda passagem pela especial de Góis. O francês perdeu mais de dois minutos, por ter parado para mudar a roda, ao contrário do que sucedeu com o estónio, e caiu para a 11.ª posição, atrás do piloto do Hyundai.

Mais rápido na especial, o inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1) aumentou para 5,8” a vantagem sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 N Rally1), com o finlandês Kalle Rovampera (Toyota GR Yaris Rally1) a ascender ao terceiro lugar, à frente do francês Pierre-Louis Loubet (Ford Puma Rally1), que subiu de décimo para quarto e que está a fazer a sua melhor prova no “Mundial”.

CLASSIFICAÇÕES

6.ª PC – GÓIS 2 (19,33 KM) – 1.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 13’12,6”; 2.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), 13’15,4”; 3.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 13,16,3”; 4.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 13’20,5”; 5.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 13’21,4”; 6.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 13’24,1”; 7.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 13’41,3”; 8.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), 13’45,2”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 13’53,6”; 10.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), 13’58,0”.

GERAL APÓS SEIS ESPECIAIS – 1.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 59’04,3”; 2.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 5,8”; 3.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), a 18,7”; 4.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 25,8”; 5.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), a 29,2”; 6.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 32,7”; 7.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 45,1”; 8.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 48,0”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 1’23,0”; 10.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 1’53,9”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.