Fred Rocha na Elite do Nacional Sprint Enduro

Agendada para este domingo na Serra da Atalhada, em Penacova, a prova inaugural do Nacional Sprint Enduro prenuncia um “oceano” de emoções, com o piloto de Coimbra, de 19 anos, apostado em mostrar evolução na estreia na classe Elite.

(auto.look2010@gmail.com)

A temporada de 2021 começou em sobressalto para Frederico Rocha devido a uma lesão contraída na véspera do início do Campeonato Nacional de Enduro. Para o piloto oficial da TM em Portugal, o arranque do “Nacional” de Enduro ficou comprometido e apenas principiou a competir na prova do Góis Moto Clube e logo com uma excelente vitória na primeira especial na classe Open.

No entanto, o dia foi avançando no tempo com altos e baixo. Fruto da falta de ritmo, aliada ainda a algumas limitações, sobretudo ao nível da lesão que o apoquentou, não impediu Frederico Rocha de lutar até ao fim transformar o dia num pólo positivo.

A preparação continuou e o piloto da AC Motos – Comércio de Motociclos e Acessórios, importador da marca italiana de motos TM Racing em Portugal, em Vale de Cambra, e Alves Bandeira, reforçou os preparativo, estando cada vez mais à-vontade aos comandos da sua TM EN 250 FI.

Por isso, Frederico Rocha apresentar-se-á na etapa inaugural do Campeonato de Sprint Enduro no próximo domingo, em Penacova, incorporando a classe Elite com o objectivo de «continuar a ganhar ritmo e competir no lote dos melhores».

A subida de classe é objectivo da temporada 2021 no Sprint Enduro e, mesmo com o azar da lesão contraída, o jovem piloto não quis baixar o nível e mostra-se confiante: «Ainda não estou a 100% mas estou muito motivado para competir e melhorar a minha prestação para que a época decorra como está programado, não defraudando a minha estrutura e todos os meus patrocinadores e amigos que me apoiam», sublinhou o jovem e 19 anos.

Além das provas nacionais, nomeadamente Enduro e Sprint Enduro, Frederico Rocha tem como objectivo esta época participar no Mundial de Enduro e International Six Days Enduro. A missão na competição te o condão de se apresentar na máxima forma nas difíceis provas de índole internacional que terão o seu início em breve com a etapa portuguesa.

Refira-se que as especiais da Serra da Atalhada são efectuadas um terreno desconhecido para o piloto mas a vontade de competir e mostrar evolução é o mote para mais uma prova ao mais alto nível e que marcará a estreia na classe Elite para Frederico Rocha, de apenas 19 anos, no meio de uma caravana de 200 pilotos que se inscreveram na prova do Alhastro Clube de Todo-o-Terreno (ACTT) – liderada pelo experiente Eugénio Cação – e que terá o centro nevrálgico mo Circuito TT da Serra da Atalhada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *