Fred Rocha ganha ritmo na Elite no Sprint Enduro

Na defesa das cores da TM Racing AC Motos, o piloto de Coimbra, apoiado por Autolook.pt, estreou-se na classe Elite do Sprint Enduro na Serra da Atalhada, em Penacova, e deixou a promessa de continuar a progredir na competição, o futuro do Enduro global.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JOÃO DA FRANCA

Pode não ter sido uma estreia auspiciosa, mas foi, com toda a certeza, uma começo entusiasmante, ainda por cima perto de casa e com a Serra da Atalhada a servir de cenário privilegiado, em que o vento produzido pelos moinhos não soprou de feição ao jovem piloto de Coimbra.

Frederico Ronha não se importou com o poderio dos seus mais directos adversários, conduzindo a sua TM EN 250 FI com destreza e enorme vontade de compreender esta disciplina de Enduro, rodando entre os 15 melhores pilotos da Elite.

Fruto de uma excelente organização a cargo do ACTT, liderado pelo experiente Eugénio Cação, o pelotão de mais de 200 pilotos superarem o lamaçal escorregadio em que se tornou o percurso, compreendido por duras especiais, muito por culpa da elevada precipitação que assolou a Serra da Atalhada.

A competitividade da classe Elite é amplamente conhecida e, nesta prova, o domínio caiu novamente no piloto Diogo Ventura, campeão nacional em título. Com os olhos postos nos seus ídolos na modalidade, o jovem Frederico Rocha fez a sua caminhada ao longo das 12 especiais cronometradas e, mesmo não estando no terreno a seu gosto, aliado à lesão ainda por debelar, foi mantendo viva a performance na classe Elite.

Alguns pequenos contratempos e quedas normais num percurso tão enlameado e escorregadio evitaram melhor classificação final, terminando no 11º posto da classe, mas ficou um gosto especial de continuar nesta classe da competição com o sentido de responsabilidade de, em breve, “voar” mais alto no Nacional de Enduro.

«A minha TM esteve impecável. Foi uma prova muito boa para melhorar o meu ritmo após a lesão que contrai e para me apresentar mais forte no Campeonato Nacional de Enduro e no Mundial. Queria ficar mais acima na classificação, mas mesmo assim foi positivo», declarou o piloto Autolook.

O jovem conimbricense está motivado para continuar a sua preparação, com o próximo compromisso agendado para o dia 30 de Maio, em Castelo Branco, para disputar a segunda prova no Nacional de Enduro Sprint.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *