FPAK distingue personalidades pelos seus 25 anos

A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) homenageou cinco personalidades durante o jantar de comemoração dos 25 anos da instituição.

(auto.look2010@gmail.com)

Pedro Lamy e Ni Amorim

António Vasconcelos Tavares, que foi o primeiro presidente da FPAK, Carlos Barbosa, presidente do Automóvel Club de Portugal, primeiro sócio da FPAK, o piloto Pedro Lamy, o director de corridas Eduardo Freitas e o jornal Autosport receberam um troféu alusivo aos 25 anos da FPAK.

«O professor Vasconcelos Tavares foi o primeiro presidente da Federação. Já a escolha de Carlos Barbosa foi por todo o trabalho desenvolvido, como a realização do Rali de Portugal, e por ser presidente do ACP, primeiro associado da FPAK. Também considerámos que o Pedro Lamy foi o melhor piloto destes 25 anos. O Eduardo Freitas por todo o trabalho desenvolvido em prol do automobilismo e o Autosport por ser o único jornal que se manteve a falar só de automobilismo», justificou Ni Amorim, presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

Ni Amorim entrega prémio à esposa de Eduardo Freitas

Ni Amorim fez «um balanço positivo» destes 25 anos de existência da FPAK, considerando que «o automobilismo cresceu imenso». «Agora, em 2022, vamos investir na captação de jovens, até aos vinte e poucos anos. Esse projecto já era para ter sido implementado em 2020 mas não aconteceu por causa da pandemia. Tivemos medo de lançar um investimento», explicou Ni Amorim.

A entrega destes troféus decorreu num jantar realizado no Casino Estoril, que juntou cerca de 500 pessoas, e no qual foram entregues, também, os troféus de campeões relativos à época de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.