FPAK distingue Câmara Municipal de Pinhel

Daniela Capelo, vice presidente do município de Pinhel, recebeu o Troféu Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) por ocasião da Gala dos Campeões.

(auto.look2010@gmail.com)

Daniela Capelo, vice-presidente da autarquia, recebeu o prémio das mãos de Ni Amorim, presidente da FPAK

A distinção foi entregue na cerimónia que decorreu no Centro de Congressos do Tagus Park, em Oeiras, e destacou todo o trabalho do município iniciado em 2016 e reforçado anualmente, em prol do desporto automóvel, nomeadamente o Drift.

Em 2018, Pinhel, com organização e apoio do Clube Escape Livre, conseguiu integrar, pela primeira vez, uma prova no calendário do Campeonato de Portugal de Drift, conquista que será repetida em 2019, novamente com traçado citadino. O trabalho desta autarquia começou em 2016, com a organização da primeira Taça de Portugal de Drift, Taça Ibérica, em 2017, e Taça Internacional, em 2018, já com pilotos portugueses, espanhóis e franceses, à qual se juntou a integração no Campeonato de Portugal da FPAK. Assim, Pinhel, que já era considerada a “capital do Drift”, viu confirmada esta designação.

A aposta do executivo liderado por Rui Ventura foi, desde o início, a da criação de um grande cartaz turístico e desportivo na região da Guarda, que ultrapassasse o âmbito concelhio e que marcasse a diferença, e incentivasse a adesão de grandes pilotos e do público, acabando por atrair milhares de pessoas com uma modalidade que era praticamente desconhecida e acabou por se tornar um grande cartaz.

Daniela Capelo, vice-presidente da autarquia, com o Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre

Na ocasião, Daniela Capelo, vice-presidente da autarquia, salientou que «é com profundo sentimento de honra e gratidão que o município de Pinhel recebe esta distinção atribuída pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, reconhecimento motivado pelo papel preponderante que o município tem vindo a desempenhar na afirmação do Drift, em Portugal».

A responsável afirmou ainda que «o sucesso desta aposta deve-se à visão do presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, que teve a capacidade de perceber, como o desporto automóvel, neste caso, o Drift pode ser estratégico para o desenvolvimento do concelho». «Mas deve-se, também, ao rigor e ao profissionalismo do Clube Escape Livre que, com a sua experiência e saber fazer, foram determinantes para o sucesso alcançado», sublinhou, adiantando ainda que «em 2019, a Câmara Municipal de Pinhel e o Clube Escape Livre reforçarão a parceria que faz de Pinhel, a capital do Drift».

«À FPAK quero expressar, em nome do município de Pinhel, a minha gratidão. Ao dr. Luís Celínio, presidente da Direcção do Clube Escape Livre, parceiro do município de Pinhel em diversas actividades, quero para além da minha gratidão demonstrar uma profunda admiração pela forma, como desde 1986, contribui para o desenvolvimento do potencial desportivo e turístico do Distrito da Guarda», concluiu.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação