Fórmula 1 na Netflix para captar audiência mais jovem

Objectivo desta parceria é «levar a Fórmula 1 às culturas populares», explicou Ellie Norman, director de marketing e comunicação da F1.

(auto.look2010@gmail.com)

A disciplina máxima da velocidade juntou-se à Netflix para tentar seduzir a audiência mais jovem. A gigante do “streaming online” irá transmitir um documentário de dez episódios onde é retratado o dramático campeonato de Fórmula 1 da época passada, ganha por Lewis Hamilton, piloto da Mercedes.

O objectivo desta parceria é «levar a Fórmula 1 às culturas populares», explicou Ellie Norman, director de marketing e comunicação da F1. A série começou a ser transmitida esta sexta-feira. O documentário “Formula 1: Drive to survive” é a última cartada deste desporto para se tornar num “peso pesado” nos “social media”, ao mesmo tempo que procura diversificar e expandir a sua audiência.

A Fórmula 1 aproveitou também o regresso da transmissão televisiva de algumas corridas em sinal aberto para assinar uma parceria com o Snapchat e patrocinar um campeonato de “eSports”. Estas são avanços importantes na Fórmula 1, desde passou a ser explorada pelo grupo Liberty Media, em 2017.

«Este é um exemplo das mudanças que estamos a introduzir na Fórmula 1. Desde que começamos esta nova era, percebemos que os fãs querem muito saber mais sobre os pilotos. Agora a filosofia da Fórmula 1 é tentar fazer deste desporto algo muito especial, que vai para lá do que acontece nas pistas», disse Ross Brawn à AFP.

A série de dez episódios aborda momentos específicos na corrida ao título da época passada, retratados pelos pilotos, chefes de equipa e outros intervenientes no “paddock”. Mas nem todos quiseram participar. A Mercedes, campeã de construtores e também de pilotos, recusou abrir as portas aos produtores da série. A Ferrari apenas participou a partir da segunda metade da época, após o Grande Prémio de Itália, em Monza.

A segunda temporada do documentário começou a ser filmada em Barcelona, no Verão, onde as equipas realizaram os testes de pré-época, e irá continuar na abertura da época de Fórmula 1, com o Grande Prémio da Austrália, no fim-de-semana de 15-17 de Março.

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação