Fontes entra mais “quente” do que a concorrência

Piloto do Citroën foi o mais rápido na especial de qualificação. Armindo Araújo com o segundo melhor tempo e o campeão nacional em título, Ricardo Teodósio, vai ser o terceiro na estrada.

(auto.look2010@gmail.com)

O termómetro já subiu para temperaturas bem elevadas na região de Castelo Branco e a dupla José Pedro Fontes/Inês Ponte, em Citroën C3, foi a que melhor se deu no asfalto quente da especial de qualificação que serviu como último teste e determina a ordem de partida para o primeiro dia de competição do Rali de Castelo Branco, que arranca amanhã.

Vila Velha de Ródão foi o palco para a qualificação do Rali de Castelo Branco. À beira do Tejo, a caravana do Campeonato de Portugal de Ralis aqueceu os motores e já começou a dar espetáculo.

O mais forte de todos foi José Pedro Fontes, que cumpriu a classificativa com 3,3 km, em 1m46,965s. A apenas 20 milésimas de diferença ficou o vencedor da última edição do Rali de Castelo Branco, Armindo Araújo.

O piloto do Skoda voltou a mostrar que é rápido nos troços da Beira Baixa, mas desta vez não foi suficiente para se impor a toda a concorrência. Ricardo Teodósio, apresentou-se ao volante do Hyundai i20 com que está a competir em 2022, e fechou este desafio com o terceiro tempo.

No final, os pilotos tinham de escolher a ordem de partida para a primeira etapa, que se realiza amanhã, e sem surpresas, os pilotos escolheram os lugares coincidentes com os tempos que tinham realizado na especial de qualificação.

Assim, depois de José Pedro Fontes, Armindo Araújo e Ricardo Teodósio, o público vai poder ver passar Bruno Magalhães (Hyundai), Miguel Correia (Skoda), Pedro Almeida (Skoda), Pedro Meireles (Hyundai), Paulo Neto (Skoda), José Loureiro (Peugeot) e Ricardo Sousa (Peugeot), que será o décimo na estrada.

«Foi um bom qualifying. É sempre bom. Era importante tentarmos fazer o melhor tempo. Os troços de amanhã vão sujar-se um pouco e, portanto, se pudéssemos sair, melhor. Correu bem. A equipa deu-me um excelente carro, mas é só um qualifying. Amanhã é que começa», afirmou José Pedro Fontes.

A ronda do Campeonato de Portugal de Ralis organizada pela Escuderia Castelo Branco é a primeira de asfalto da temporada e apresenta como programa competitivo para o primeiro dia oito especiais. A primeira equipa a ir para a estrada começa às 10h26, no troço Fratel – Vila Velha de Ródão 1, e termina a competição às 21h18, com a segunda passagem pelos 2,5 km da super-especial “Reconquista”. No total, os concorrentes vão competir ao longo de 60,64 km contra o cronómetro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.