Filipe Albuquerque na Wayne Taylor Racing em 2022

Ciente da qualidade da sua equipa no Campeonato Norte Americano de Resistência (IMSA), o piloto de Coimbra arranca com a nova época já em Janeiro com as 24 Horas de Daytona.

(auto.look2010@gmail.com)

Depois do título de vice-campeão Norte Americano de Resistência em 2021, Filipe Albuquerque volta em 2022 ao IMSA com a Wayne Taylor Racing para conquistar o título que lhe escapou este ano.

Num dos campeonatos mais exigentes e disputados do mundo, Filipe Albuquerque espera somar ao seu vasto palmarés este título e para isso terá um longo ano de trabalho pela frente: «O título escapou-nos este ano por muito pouco. Logo, virar as costas a este desafio estava fora de questão para mim, para a Wayne Taylor Racing e para o Ricky Taylor. Regressamos em 2022 mais fortes e mais determinados para atingir o nosso objectivo.

Filipe Albuquerque explicou que a Wayne Taylor Racing «é uma equipa com a qual me identifico bastante e depois de um ano de trabalho, acumulámos experiência, conhecimento e à vontade». «São ingredientes muito importantes para o ano que se avizinha», sublinhou ainda o piloto de Coimbra que, nos últimos dois dias, esteve ao volante do Acura para preparar a primeira corrida do ano em Daytona.

«Daytona é o pontapé de saída para o arranque do Campeonato. A prova mais difícil do ano, a mais desejada pela maioria dos pilotos e aquela que leva o desafio aos limites. Espero começar como em Janeiro de 2021, a ganhar! Depois de perdermos o campeonato por meio segundo, não vamos dar tréguas a ninguém. Queremos ganhar, ganhar…!», concluiu Filipe Albuquerque. Refira-se que o IMSA será composto por 11 corridas, com a primeira em Daytona a ter lugar de 27 a 30 de Janeiro e a última a 1 de Outubro em Petit Le Mans.

Este fim-de-semana, Filipe Albuquerque vai alinhar na última jornada do Super Seven by Toyo Tyres no Circuito do Estoril. O piloto e Coimbra volta assim a competir em Portugal depois de um ano de ausência.

A convite da CRM Motorsport, Filipe Albuquerque aceitou o desafio de Tiago Raposo Magalhães para partilhar o Caterham 420 R com André Villas Boas, em que os dois terão um programa preenchido ao longo dos próximos dois dias de prova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.