Filipe Albuquerque é campeão do ELMS 2020

Ao vencer as 4 Horas de Monza, em Itália, o piloto de Coimbra sagrou-se campeão do European Le Mans Series 2020. Um título histórico para Portugal.

(auto.look2010@gmail.com)

Filipe Albuquerque é campeão do European Le Mans Series (ELMS) depois de uma vitória suada conseguida hoje em Monza, Itália, na penúltima jornada do Campeonato. O piloto de Coimbra e o seu companheiro de equipa na United Autosports, Phil Hanson chegaram ao circuito italiano com 29 pontos de vantagem para o segundo classificado. Conseguiram a “pole position” e cruzaram a linha de meta num brilhante primeiro lugar. Resultado que lhes permite, antes da última corrida em Portimão, festejar um título muito merecido.

Título esse que pela primeira vez vem para Portugal e que enche Filipe Albuquerque de orgulho: «Nem tenho palavras para descrever a sensação. Queria tanto esta conquista, trabalhámos tanto e finalmente conseguimos. É um título muito merecido para mim, para o Phil que fez uma temporada extraordinária, para a equipa que nos proporcionou sempre um carro muito competitivo, para a minha família que sofre muito com as ausências, para todos aqueles que trabalham nos bastidores e me ajudaram a chegar a este patamar. Obrigado a todos. Temos motivos para festejar», referiu o piloto de Coimbra.

Mas se a vitória parece ter sido “favas contadas”, estão enganados. Apesar de terem largado do primeiro lugar da grelha: «Logo no início da corrida, o Phil teve uma saída de pista. Caímos para 13.º lugar. Vimos a nossa vida a andar para trás. Mas felizmente isto aconteceu no início da prova, o que nos permitiu encetar uma recuperação notável até ao primeiro lugar. Foi uma corrida de nervos, demos o nosso máximo e estivemos sempre focados no objectivo. E no final esta explosão de alegria por termos conseguido», continuou Filipe Albuquerque.

Desta forma, Filipe Albuquerque vai para a última corrida da época no Autódromo Internacional do Algarve já com o título conquistado: «O título já está nas minhas mãos, mas a correr em casa, vou querer terminar a época em beleza: a vencer. Não pode ser de outra forma. Lá porque já somos campeões não vamos baixar os braços. Portugal merece essa vitória. Esta conquista terá um sabor ainda maior se isso acontecer», rematou o piloto português.

Filipe Albuquerque não vai ter tempo para grandes festejos já que no próximo fim-de-semana enfrenta mais uma corrida, do Campeonato Norte Americano de Resistência em Road Atlanta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: