Filipe Abrantes suspende época desportiva

A representar as cores da JMR Competição no Citroen C2R2, Filipe Abrantes e Marco Vilas Boas vão suspender a sua época desportiva e já não irão estar à partida do Constálica Rallye Vouzela.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: NUNO DINIS PHOTOS

«São alguns os factores que nos levam a suspender a nossa época desportiva. Além de questões profissionais, existem ainda outras situações com as quais não nos revemos e, como tal não podemos continuar a compactuar. Nós, pilotos do Campeonato Centro de Ralis não podemos continuar a ser os bobos da corte. Se no passado já nos unimos e conseguimos levar os nossos intentos a bom porto, está novamente na altura de nos voltarmos a unir e conseguirmos os nossos objectivos», referiu Filipe Abrantes a poucos dias do início do Constálica Rallye Vouzela.

«Numa altura em que a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) até baixou os valores das taxas, as organizações não podem continuar a inflacionar o preço das inscrições. Aumentou-se a quilometragem das provas mas o valor por quilómetro inflacionou bastante. As organizações não podem continuar a fazerem o que querem e bem lhes apetece e esperar que os pilotos continuem a aparecer como se nada se passasse», afirmou o piloto de Águed.

«Não iremos marcar presença no Rali Vidreiro – Centro de Portugal porque achamos que a comitiva do Campeonato Centro de Ralis não tem que integrar as provas do Campeonato Portugal de Ralis (CPR)», salientou Filipe Abrantes, acrescentando: «Fazermos as provas integrados no CPR faz com que não tenhamos nenhum tipo de visibilidade nem dos nossos parceiros e, encontramos os troços muito sujos e degradados pondo em causa a nossa performance e objectivos nas provas».

«Estamos cansados e fartos de sermos apenas e só pagantes e não termos benefícios nenhuns. Nos últimos anos temos batalhado nesta questão mas nada tem sido feito e continuamos a ter provas do “Regional” juntamente com as do Nacional. Gostamos de estar nos ralis para nos podermos divertir mas em segurança e também queremos ter e dar visibilidade a quem nos apoia. Espero que todos os pilotos se unam e consigamos fazer com que as nossas reivindicações sejam ouvidas e postas em prática», concluiu Filipe Abrantes muito desagradado «com os acontecimentos surgidos no Campeonato Centro de Ralis».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: