Ferrari já domina no “império” russo

A terceira sessão de treinos livres para o GP da Rússia, que tem lugar no traçado de Sochi, cidade que foi centro dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, foi dominada pela Ferrari que parece lançada para confirmar no circuito russo, o domínio que exerce desde Spa-Francorchamps.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) voltou a ser o “ponta-de-lança” da equipa italiana, superiorizando-se de forma clara ao seu colega de equipa, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), sendo o único a chegar ao segundo “32” e mais rápido que o seu colega de equipa por 0,316”.

A Mercedes colocou os seus dois pilotos nos lugares seguintes, com o inglês Lewis Hamilton (Mercedes) a suplantar o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), com o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda), que vai ser penalizado em cinco lugares, por ter trocado componentes do motor, a registar o quinto tempo, à frente do francês Romain Grosjean (Haas/Ferrari), que foi “o melhor dos outros”, depois de suplantar o tailandês Alexander Albon (Red Bull/Renault), o segundo homem da equipa das bebidas energéticas.

Desta vez, o alemão Nico Hulkenberg (Renault), oitavo, foi o melhor entre os que usam motores da marca francesa, à frente do inglês Lando Norris (McLaren/Renault) e do dinamarquês Kevin Magnussen (Haas/Ferrari), com a equipa norte-americana a mostrar-se muito à vontade no traçado russo.

Circuito russo que poderá vir a ser substituído, ou passar a ser usado em alternativa, com o que está projectado para S. Petersbourg, que começou por ser idealizado como circuito citadino, mas que acabará por ser um novo traçado desenhado a cerca de 25 km da cidade que deverá estar pronto em 2021, altura em que o GP da Russia mudará de cenário ou passará a alternar entre os dois traçados.

Entretanto sabe-se que a McLaren e a Mercedes vão reatar, a partir de 2021 e pelo menos até 2024, a ligação interrompida em 2014 e que datava desde 2019, restando saber quem irá utilizar a partir de 2021 os motores do construtor francês.

TEMPOS DOS TREINOS

PILOTO CARRO MOTOR TEMPO
Charles Leclerc Ferrari SF90 Ferrari 1’32,733″
Sebastian Vettel Ferrari SF90 Ferrari 1’33,049″
Lewis Hamilton Mercedes W10 Mercedes 1’33,129″
Valtteri Bottas Mercedes W10 Mercedes 1’33,354″
Max Verstappen Red Bull RB15 Honda 1’34,227″
Romain Grosjean Haas VF-19 Ferrari 1’34,308″
Alexander Albon Red Bull RB15 Honda 1’34,371″
Nico Hulkenberg Renault RS19 Renault 1’34,421″
Lando Norris McLaren MCL34 Renault 1’34,527″
Kevin Magnussen Haas VF-19 Ferrari 1’34,546″
Pierre Gasly Toro Rosso STR14 Honda 1’34,564″
Daniel Ricciardo Renault RS19 Renault 1’34,586″
Carlos Sainz McLaren MCL34 Renault 1’34,607″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C38 Ferrari 1’34,766″
Sergio Perez Racing Point RP19 Mercedes 1’34,860″
Lance Stroll Racing Point RP19 Mercedes 1’34,898″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C38 Ferrari 1’35,714″
George Russell Williams FW 42 Mercedes 1’36,011″
Danill Kvyat Toro Rosso STR14 Honda 1’36,081″
Roberto Kubica Williams FW 42 Mercedes 1’36,942″

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: