Fernando Alonso admite regresso à Fórmula 1

Piloto espanhol é apontado à Renault para substituir Daniel Ricciardo (de saída para a McLaren) em 2021.

(auto.look2010@gmail.com)

O espanhol Fernando Alonso admitiu hoje a possibilidade de regressar à Fórmula 1, disciplina do automobilismo que abandonou no final de 2018. Numa sessão organizada pela Escola Universitária Real Madrid-Universidade Europeia, o piloto de 38 anos garantiu que o próximo desafio da sua carreira será «na categoria máxima do desporto automóvel, seja na Fórmula 1, na resistência ou na IndyCar (competição de monolugares nos EUA)», disse.

Fernando Alonso, que contabiliza 32 vitórias na Fórmula 1, acredita ter «um bom nível físico e motivação». Para além disso, para competir no Rali Dakar de todo-o-terreno, prova em que se estreou este ano, ainda tem «alguns anos pela frente».

Por isso, quer concentrar-se «na categoria máxima do automobilismo», numa altura em que o seu nome é apontado à Renault para substituir o australiano Daniel Ricciardo (de saída para a McLaren) em 2021. Fernando Alonso admitiu, ainda, que a pandemia da Covid-19 vai ter «um forte impacto na F1».

«Vai afectar toda a gente, sobretudo os que viviam com números inflacionados, como era o caso da Fórmula 1. Agora é preciso reduzir custos, uniformizar partes dos carros de forma a que mais de 50% seja igual para todos e haja uma pequena janela de desenvolvimento», frisou o asturiano.

Fernando Alonso foi duas vezes campeão mundial de Fórmula 1, em 2005 e 2006, pela Benetton. Abandonou a categoria em 2018, quando corria pela McLaren, para se dedicar ao Mundial de Resistência, que conquistou pela Toyota em 2019. Em 2020, estreou-se no Rali Dakar de todo-o-terreno, terminando na 13.ª posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: