Félix da Costa é “o alvo a abater” na Fórmula E

Piloto de Cascais foi o campeão desta disciplina do desporto automóvel em 2020, pela DS Techeetah, mantendo as mesmas cores para a nova temporada. O piloto de Cascais começa defesa do título na Arábia Saudita, que este ano adquire o estatuto de Campeonato do Mundo.

(auto.look2010@gmail.com)

O português António Félix da Costa está consciente que é «o alvo a abater» na temporada do Mundial de Fórmula E, competição para carros eléctricos, cuja sétima época começa esta sexta-feira, na Arábia Saudita. O piloto de Cascais foi o campeão em 2020, pela DS Techeetah, mantendo as mesmas cores para a nova temporada, onde vai utilizar o “número 1” reservado aos campeões.

António Félix da Costa diz ambicionar «lutar por vitórias e por títulos», ainda para mais este ano, em que é o actual campeão: «Sei que sou o alvo a abater por todos os meus adversários, mas isso, na verdade, motiva-me ainda mais para entrar em pista na máxima força. Será um ano ultra competitivo, todas as equipas trabalharam muito e evoluíram muitos os carros, mas nós também o fizemos e queremos muito manter o nível de 2020», frisou.

Para António Félix da Costa, levar o “número 1” na frente do carro «é sempre especial» e, também, «uma grande responsabilidade». «Em termos de trabalho nada mudou, mantemos os níveis e foco no máximo, em Paris, na equipa, toda a gente trabalha com uma sede de vitória incrível e sei que tenho uma excelente equipa de engenheiros, mecânicos e “staff” por trás de mim. Pessoalmente, preparei-me da melhor forma possível neste confinamento. Tenho a sorte de já estar na minha casa nova, onde disponho de ginásio e isso ajuda muito. Procurei também manter-me feliz, saudável e bem mentalmente, aproveitando tempo em família, para poder agora ir à luta com a cabeça bem, saudável e limpa para me concentrar no meu trabalho em pista», referiu.

Para já, a equipa do piloto luso optou por não introduzir nenhuma das evoluções trabalhadas no defeso, mas isso não preocupa António Félix da Costa: «Só vamos estrear o carro novo na corrida de Roma. Testámos já muito com o carro novo, mas, por razões de garantia de fiabilidade, decidimos para manter o carro da época passada nesta primeira prova. As melhorias são essencialmente numa melhor eficiência na gestão da energia das baterias», explicou.

O piloto português vai, também, manter a aposta no Mundial de Resistência, campeonato em que foi vice-campeão mundial da classe LMP2, atrás de outro português, o conimbricense Filipe Albuquerque.

«Além da Fórmula E, que é o meu programa principal, vou também manter-me no Campeonato Mundial de Resistência, juntamente com os meus colegas de equipa de 2020, o Roberto Gonzalez e o Anthony Davidson. Fomos vice-campeões do mundo em 2020 e fomos segundos nas 24 horas de Le Mans, pelo que o objectivo este ano passa por lutar pelo título Mundial também. É mais um grande desafio, mas só tenho uma forma de estar nas corridas, com mentalidade vencedora», concluiu.

DEFESA DO TÍTULO NA ARÁBIA SAUDITA

O piloto português António Félix da Costa inicia a defesa do título de Fórmula E, competição para carros eléctricos, que este ano adquire o estatuto de Campeonato do Mundo, na Arábia Saudita, na sexta-feira e sábado. Na sétima temporada do campeonato, António Félix da Costa terá a concorrência de 23 outros pilotos de 12 equipas e dez construtores diferentes.

A jornada dupla disputada sexta-feira e sábado em Diriyah, na Arábia Saudita, será a primeira com corridas nocturnas na história da competição. O piloto português, que já ali ganhou em 2018, manteve-se na DS Techetaah, a equipa campeã há dois anos seguidos, fazendo dupla com o francês Jean-Eric Vergne, campeão no ano anterior.

Jake Dennis (BMW i Andretti Motorsport), Nick Cassidy (Envision Virgin Racing) e Norman Nato (ROKiT Venturi Racing) são os novatos de um campeonato que manteve a generalidade dos nomes do ano anterior, com poucas trocas de equipas.

E se a DS optou por adiar a introdução da nova unidade de potência para a segunda parte da temporada, tal como a Nissan e.dams e a Dragon/Penske, a Audi Sport ABT Schaeffler, a Envision Virgin Racing, a TAG Heuer Porsche, a Jaguar Racing, a BMW i Andretti Motorsport, a Mahindra Racing, a Mercedes-EQ e as privadas ROKiT Venturi Racing e a NIO 333 vão estrear já o novo material, num campeonato que ainda só conhece as primeiras oito corridas e que, pela primeira vez, irá visitar um circuito permanente (Valência).

Os constrangimentos provocados pela pandemia da Covid-19 deixam em aberto a impossibilidade de visitar alguns dos locais habituais do campeonato, como Londres ou a Cidade do México, existindo mesmo centros de vacinação em locais onde habitualmente seriam montados os circuitos.

A DS Techetaah, com António Félix da Costa e Vergne, parte como favorita, tendo a Nissan (onde milita o campeão de 2016 Sebastien Buemi) e a Mercedes (que vai na segunda época consecutiva, tendo mantido o vice-campeão, o belga Stoffel Vandoorne) como principais adversárias. Mas convém não esquecer que o piloto português foi o campeão com a margem mais dilatada na história da competição, com 71 pontos de vantagem para o segundo classificado.

OS NÚMEROS DA FÓRMULA E

Os seis anos de FE levaram à realização de 69 corridas que proporcionaram cinco campeões, sendo o francês Jean-Eric Vergne o único a conquistar dois títulos, tiveram em acção 69 pilotos, dos quais 17 venceram, 20 arrancaram da “pole position” e 25 fizeram as voltas mais rápidas, sendo estes os números das seis temporadas da disciplina.

CAMPEÕES

 

ANO PILOTO EQUIPA
     
2014/2015 Nelson Piquet jr. Renault E-DAMS
2015/2016 Sébastien Bueni Renault E-DAMS
2016/2017 Lucas Di Grassi Renault E-DAMS
2017/2018 Jean-Eric Vergne Audi Sport Abt Schaeffler
2018/2019 Jean-Eric Vergne Techeetah Formule E Team
2019/2020 António Félix da Costa DS Techeetah

PARTICIPAÇÕES

69 – Daniel Abt, Jérôme D’Ambrosio, Sam Bird, Lucas Di Grassi

67 – Sébastien Buemi, Jean-Eric Vergne

65António Félix da Costa

59 – Oliver Turvey

51 – Nelson Piquet jr.

48 – Mitch Evans

45 – Nicolas Prost

44 – Nick Heidfeld

37 – Stéphane Sarrazin

36 – André Lotterer

33 – Edoardo Mortara, Jose Maria Lopez

28 – Loic Duval

26 – Alex Lynn

25 – Oliver Rowland

24 – Filipe Massa, Felix Rosenqvist, Alexander Sims, Stoffel Vandoorne

23 – Tom Dillmann, Maro Engel

21 – Max Guenther, Bruno Senna

17 – Pascal Werhlein

14 – Ma Qing Hua

13 – Neel Jani, Gary Paffett

12 – Adam Carrol, Simone De Silvestro, Salvador Duran

11 – Karun Chandhok, Nicky De Vries, Luca Filippe, Nico Muller, Jarno Trulli

9 – Jaime Alguersuari, James Calado

8 – Tom Blomqvist, Mike Conway

7 – René Rast

6 – Sergio Sette Câmara

5 – Charles Pic, Brendon Hartley, Viatantonio Liuzzi

4 – Michela Cerruti, Oriol Servia, Scott Speed

3 – Nathanael Berthon, Esteban Gutierrez, Felipe Nasr, Ho-Pin Tung, Jacques Villeneuve

2 – Matthew Brabham Alex Fontana, Antonio Garcia, Pierre Gasli, Kamui Koboyashi, Katherine Legge, Fabio Leimer, Franck Montagny, Sakom Yamamoto

1 – Marco Andretti, Takuma Sato, Justin Wilson

VITÓRIAS

13 – Sébastien Buemi

10 – Lucas Di Grassi

9 – Sam Bird, Jean-Eric Vergne

5António Félix da Costa

3 – Jérôme D’Ambrosio, Nicolas Prost, Felix Rosenqvist

2 – Daniel Abt, Mitch Evans, Robin Frijns, Max Gunther, Nelson Piquer, jr.

1 – Eduardo Mortara, Oliver Rowland, Alexander Sims, Stoffel Vandoorne

“POLE POSITION”

14 – Sébastien Buemi

12 – Jean-Eric Vergne

6 – Felix Rosenqvist

5 – Sam Bird

4António Félix da Costa

3 – Lucas Di  Grassi, Nicolas Prost, Oliver Rowland, Alexander Sims

2 – Daniel Abt, Jérôme D’Ambrosio, Mitch Evans, André Lotterer, Stoffel Vandoorne

1 – Alex Lynn, Nelson Piquet jr., Stéphane Sarrazin, Jarno Trulli, Oliver Turvey, Pascal Werhlein

VOLTAS MAIS RÁPIDAS

8 – Daniel Abt

7 – Sébastien Buemi, Lucas Di Grassi

6 – Sam Bird

4 – Nelson Piquet jr., Jean-Eric Vergne

3António Félix da Costa, André Lotterer, Nicolas Prost, Felix Rosenqvist, Pascal Werhleim

2 – Jérôme D’Ambroso, Maro Engel, Mitch Evans, LoicDuval

1 – Jaime Alguesuari, Tom Dillmann, Nick Heidfled, Jose Maria Lopez, Nico Muller, Oliver Rowland, Takuma Sato, Bruno Senna, Alexander Sims, Stoffel Vandoorne

NÚMERO DE PONTOS ALCANÇADOS

PILOTOS

796 – Lucas Di Grassi

743 – Sébastien Buemi

663 – Jean-Eric Vergne

644 – Sam Bird

390 – Daniel Abt

366António Félix da Costa

304 – Nicolas Prost

295 – Jérôme D’Ambrosio

266 – Mitch Evans

237 – Nelson Piquet jr.

233 – Robin Frijns

223 – Felix Rosenqvist

221 – André Lotterer

214 – Nick Heidfeld

154 – Oliver Rowland

128 – Stéphane Sarrazin

122 – Loic Duval, Stoffel Vandoorne

120 – Edoardo Mortara

106 – Alexander Sims

94 – Oliver Turvey

92 – Bruno Senna

89 – Max Guenther

82 – José Maria Lopez

72 – Pascal Werhlein

60 – Nick De Vries

47 – Maro Engel

46 – Alex Lynn

39 – Felipe Massa

30 – Jaime Alguersuari

29 – René Rast

24 – Tom Dillmann

18 – Karum Chandhok, Pierre Gasly, Frank Montagny, Scott Speed

16 – Charles Pic, Oriol Servia

15 – Jarno Trulli

13 – Salvador Duran

10 – James Calado

9 – Gary Paffett

8 – Neel Jani

7 – Mike Conway

5 – Adam Carrol, Esteban Gutierrez

4 – Nathanael Berthon, Tom Blomqvist, Simone De Silvestro

2 – Bredon Hartley, Takuma Sato, Vitantonio Liuzzi

1 – Luca Filippi, Justin Wilson

EQUIPAS

936 – ABT Schaeffler Audi Sport

671 – Renault E-Dams

641 – Mahindra Racing Formula E Team

640 – DS Techeetah Formula E Team

494 – DS Virgin Racing Formula E Team

367 – Nissan E-Dams

355 – Dragon Racing Formula E Team

343 – Panasonic Jaguar Racing

320 – Venturi Formula E Team

312 – Envision Virgin Racing

274 – BMW i Andretti Motorsport

244 – DS Techeetah

232 – Team E-Dams Renault

165 – Audi Sport ABT Formula E Team

152 – China Racing Formula E Team

147 – Mercedes-Benz WQ Formula E Team

133 – Virgin Racing Formula E Team

119 – Andretti Autosport Fornula E Team

114 – Audi Sport ABT Schaeffler

83 – Andretti Formula E Team

79 – TAG Heuer Porsche Formula E Team

78 – Nestev TCR Formula E Team

66 – Amlin Aguri

54 – NIO Formula E Team

48 – Mahindra Racing

44 – HWA Racelab, Rokit Venturi Racing

33 – Faraday Futire Dragon Racing

32 – Team Aguri

25 – Geox Dragon

24 – MS&LAD Andretti Formula E

17 – Trulli Formula E Team

NÚMERO DE VEZES QUE CADA CIDADE FOI VISITADA

12 – Berlim

6 – New York

5 – Mexico City

4 – Hong Kong, Londres, Marrakech, Paris

3 – Bueno Aires, Diriyah, Monte Carlo, Punta del Este, Santiago

2 – Beijing, Long Beach, Montreal, Putrajaya, Roma  

1 – Bern, Miami, Moscovo, Sanya, Zurique

NÚMERO DE VEZES QUE CADA PAÍS INTEGROU O CALENDÁRIO

12 – Alemanha

9 – Estados Unidos

7 – China

5 – México

4 – França, Inglaterra, Marrocos

3 – Arábia Saudita, Argentina, Chile, Mónaco, Uruguai

2 – Canadá, Itália, Malásia, Suiça

1 – Rússia

PARTICIPANTES

N.º EQUIPA PILOTO CARRO
       
11 Audi Sport Abt Schaeffler Lucas Di Grassi Audi
33 Audi Sport Abt Schaeffler Réne Rast Audi
27 BMW i Andretti Motorsport Jake Denis BMW
28 BMW i Andretti Motorsport Max Gunther BMW
6 Dragin/Penske Autosport Nico Mueller Geox
7 Dragin/Penske Autosport Sérgio Sette Câmara Geox
13 DS Techeetah António Félix da Costa DS
25 DS Techeetah Jean-Eric Vergne DS
4 Envision Virgin Racing Robin Frijns Envision
37 Envision Virgin Racing Nick Cassudy Envision
10 Jaguar Racing Sam Bird Jaguar
20 Jaguar Racing Mitch Evans Jaguar
29 Mahindra Racing Alexander Sims Mahindra
94 Mahindra Racing Alex Lynn Mahindra
5 Mercedes-Benz EQ Stoffel Vandoorne Mercedes
17 Mercedes-Benz EQ Nyck de Vries Mercedes
8 NIO 333 Formula E Team Oliver Turvey NIO
88 NIO 333 Formula E Team Tom Blomqvist NIO
22 Nissan e-Dams Oliver Rowland Nissan
232 Nissan e-Dams Sébastien Buemi Nissan
48 Rokit Venturi Racing Edoardo Mortara Venturi
71 Rokit Venturi Racing Norman Nato Venturi
36 TAG Heuer Porsche Formula E André Lotterer Porsche
99 TAG Heuer Porsche Formula E Pascal Wehrlein Porsche

CALENDÁRIO

Este é o calendário definido, faltando conhecer as corridas que se seguem, tudo apontando para que o mesmo aconteça em Abril.

DATA PAÍS CIDADE
     
26 de Fevereiro Arábia Saudita Diriyah
27 de Fevereiro Arábia Saudita Diriyah
10 de Abril Itália Roma
24 de Abril Espanha Valência
8 de Maio Mónaco Monte Carlo
22 de Maio Marrocos Marrakesh
5 de Junho Chile Santiago
6 de Junho Chile Santiago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *