Félix da Costa (BMW) na frente em Marraquexe

Embalado pela vitória em Riade (Arábia Saudita), na primeira corrida do campeonato, o piloto português chega às ruas da cidade marroquina de Marraquexe, cenário da segunda prova, no comando, com 10 pontos de avanço sobre o francês Jean-Eric Vergne (DS).

Texto: PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Repetir o triunfo é o objectivo, mas para António Félix da Costa (BMW) as circunstâncias são diferentes «porque em Riade ninguém conhecia o circuito, ao contrário do que sucede em Marraquexe, pelo que o equilíbrio deverá ser ainda maior. As equipas e os pilotos estão todos a um nível muito alto e, por isso, nesta fase, o mais importante é não pensar no campeonato, mas sim corrida a corrida, com o objectivo de somar o maior número de pontos possível para mais tarde se fazerem contas»

Em relação ao triunfo em Riade, António Félix da Costa reconhece que «vencer foi incrível, mas já passou e agora é centrar o foco neste sábado».

O piloto referiu que está a trabalhar conjuntamente com a equipa e a BMW «em algumas áreas menos fortes do carro», no sentido de se «manter competitivo na luta pelos lugares da frente».

António Félix da Costa foi ainda um dos pilotos que venceram a competição do “Fanboost” em Riade, que premeia os cinco mais votados pelo público a terem momentaneamente um suplemento de potência.

Por aquilo que se viu na prova de abertura, a concorrência não vai dar descanso a António Félix da Costa, com os franceses Jean-Eric Vergne (DS) e Jéromê D’Ambrosio (Mahindra), que com ele partilharam o pódio em Riade, a encabeçarem a lista de candidatos à vitória, no lote dos quais se integram os brasileiros Lucas Di Grassi (Audi) e Nelson Piquet jr. (Jaguar), que não foram felizes no Médio Oriente. De assinalar a estreia do alemão Pascal Wehrlein (Mahindra), mais um piloto vindo da F1, ausente em Riade, por a Mercedes só o ter libertado no primeiro dia do ano.

Uma das novidades desta temporada é o “Attack Mode”, onde os pilotos terão zonas especificas onde podem sair da linha ideal de trajectória e passar por cima de três “pick up points”, dispondo depois durante um período de 25KW extra.

Com todas estas alterações e com a duração da corrida de 45 minutos mais uma volta, a táctica e estratégia dos pilotos e equipas tem sem dúvida um papel ainda mais decisivo nas lutas em pista.

A competição marroquina decorre amanhã com duas sessões de treinos livres e qualificação ao meio-dia e, a corrida, pelas 15h00, de 45 minutos (mais uma volta).

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

POS. PILOTOS TOTAL  
       
1.º António Félix da Costa 28  
2.º Jean-Eric Vergne 18  
3.º Jerome D’Ambrosio 15  
4.º Mitch Evans 12  
5.º Andre Lotterer 11  
6.º Sébastien Buemi 8  
7.º Oliver Rowland 6  
8.º Daniel Abt 4  
9.º Lucas di Grassi 2  
10.º Nelson Piquet jr. 1  
POS. EQUIPAS TOTAL
     
1.º DS Techeetah 29
2.º BMW i Andretti Motorsport 28
3.º Mahindra Racing 15
4.º Nissan e. dams 14
5.º Panasonic Jaguar Racing 13
6.º Audi Sport Abt Schaeffler Formula E Team 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *