Félix da Costa: “arma” lusa DS em Marrakesh

A anulação da corrida agendada para a cidade canadiana de Vancouver leva a Fórmula E a regressar ao traçado marroquino de Marrakesh, denominado Circuit International Automobile Moulay El Hassan, que tem 2,971 km de perímetro e 12 curvas.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Apesar de estar a fazer um campeonato abaixo daquilo que eram as suas expectativas, António Félix da Costa (DS) tem boas recordações do traçado marroquino, onde venceu em 2019 e espera repetir o feito, para alcançar a primeira vitória da temporada.

Contudo, o facto do seu colega de equipa, o francês Jean-Eric Vergne (DS) estar a escassos cinco pontos do belga Stoffel Vandoorne (Mercedes), que comanda o campeonato, pode condicionar as suas aspirações, pois pode ser importante sacrificar-se pela equipa, caso esta opte por esta estratégia.

A “arma” do francês tem sido a sua regularidade, uma vez que, ainda, não venceu nenhuma corrida, mas tem aproveitado os erros dos opositores para estar na corrida pelo título que foi seu em 2018 e 2019, sendo o único a conquistá-lo por duas vezes, antes de o ceder a António Félix da Costa, campeão em 2020.

Quando faltam sete corridas para o final do campeonato, esta e depois jornadas duplas em Nova Iorque, Londres e Seoul, tudo aponta para que o título seja discutido entre o belga, o francês, o suíço Edoardo Mortara (Venturi) e o neo-zelandês Mitch Evans (Jaguar), face à vantagem pontual de que dispõem antes da prova marroquina.

Mas não faltam candidatos a baralhar as contas aos favoritos, entre eles o português, numa altura em que as equipas começam a fazer contas para concretizarem os seus objectivos.

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Stoffel Vandoorne, 121 pontos; 2.º, Jean-Eric Vergne, 116; 3.º, Edoardo Mortara, 114; 4.º, Mitch Evans, 109; 5.º, Robin Frijns, 81; 6.º, Nyck De Vries, 65; 7.º, André Lotterer, 59; 8.º, Pascal Werhlein, 55; 9.º, Lucas Di Grassi, 55; 10.º, António Félix da Costa, 54; 11.º, Jake Dennis, 36; 12.º, Sam Bird, 30; 13.º, Nick Cassidy, 16; 14.º, Sébastien Buemi, 11; 15.º, Oliver Rowland, 10; 16.º, Oliver Turvey, 6; 17.º, Oliver Askew, 2; 18.º, Max Gunther, 2; 19.º, Alexander Sims, 2; 20.º, Dan Ticktum, 1.

EQUIPAS – 1.º, Mercedes-EQ Formula E Team, 186 pontos; 2.º, DS Techeetah, 170; 3.º, Rokit Venturi Racing, 169; 4.º, Jaguar TCS Racing, 139; 5.º, TAG Heuer Porsche Formula E Team, 114; 6.º, Envision Racing, 97; 7.º, Avalanche Andretti Formula E, 38; 8.º, Nissan E Dams, 139.º, 9.º, Mahindra Racing, 12; 10.º, Nio 333 FE Team, 7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.