Famalicão rendeu-se de “corpo e alma” ao Trial4x4

Depois da conquista em Mação, Rui Rocha voltou a saborear o trago do triunfo no Minho, consolidando o estatuto de líder em termos Absoluto e classe Proto, numa altura em que o campeonato vai a meio…

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: GERALDO DIAS FOTOGRAFIA

A estreia do distrito de Braga no Campeonato Portugal de Trial 4×4 (CPT4x4) não poderia ter corrido melhor. Vila Nova de Famalicão recebeu a terceira etapa de 2019 numa pista que fez os concorrentes suar pela vitória. O circuito, regado pela chuva da noite anterior, mostrou-se muito exigente e, apesar de alguns obstáculos terem cedido com a passagem do tempo, alguns triais mantiveram-se durante as três horas de resistência.

Depois da conquista em Mação, Rui Rocha (TeamRj69) voltou a sentir o sabor da vitória em Famalicão. Chegou a esta terceira prova em vantagem na Absoluto e na classe Proto e quando o Campeonato vai a meio consolida a liderança em ambas as categorias.

Em Super Proto foi a vez de Sérgio Ferreira (Full Stress) chegar ao lugar mais alto do pódio. Tem sido sempre a subir para o piloto madeirense. Depois do terceiro lugar de Valongo e do segundo em Mação, alcançou finalmente o primeiro lugar da Super Proto em Vila Nova de Famalicão.

Nuno Matos (AutoBernardo Capticho Team) conheceu pela primeira vez o sabor da vitória em Extreme. Foram 3 horas na liderança, mas sempre seguido de perto pela concorrência. Nunca pôde baixar o ritmo e, com um andamento sempre muito forte, terminou as três horas de Famalicão com 30 voltas à pista.

João Fernandes (Jovi Team) continua invencível. Leva já três vitórias em três provas, confirmando o favoritismo neste CPT4x4. Em Famalicão teve uma vitória muito tranquila mas mesmo assim nunca levantou o pé e terminou a resistência com 22 voltas, mais 9 do que o segundo classificado.

Destaque ainda para a participação de Carlos Martins e João Pinto (Reciclopeças Team) na classe UTV/Buggy. Terminaram a resistência com 25 voltas ao circuito. Em 2019 estão também em pista veículos menos preparados, sem roll-bar, que competem na classe FUN. Pedro Pereira (Clean TT) foi o vencedor de Famalicão.

 

 

CLASSIFICAÇÕES

ABSOLUTO

1.º Rui Rocha – Toyota – 17 voltas

2.º Marcelo Lopes – Toyota Land Cruiser 250 – 17 voltas

3.° Sérgio Ferreira – Crawler Jimny 4×4 – 16 voltas

CLASSE PROTO

1.º Rui Rocha – Toyota – 17 voltas

2.º Marcelo Lopes – Toyota Land Cruiser 250 – 17 voltas

3.º António Henriques – Proto XS5 – 14 voltas

CLASSE SUPER PROTO

1.º Sérgio Ferreira – Crawler Jimny 4×4 – 16 voltas

2.º Flávio Gomes – NPCRW Crawler – 11 voltas

3.º Adriano Santos – Crawler BJ40 – 4 voltas

CLASSE EXTREME

1.º Nuno Matos – Land Rover Defender 110 – 30 voltas

2.º Carlos Gomes – Nissan Proto – 29 voltas

3.º Lígia Romão – Mitsubishi Pajero/BMW Proto – 16 voltas

CLASSE PROMOÇÃO

1.º João Fernandes – Nissan Patrol – 22 voltas

2.º Paulo Silva – Suzuki Samurai – 13 voltas

CLASSE UTV/BUGGY

1.º Carlos Martins – Can-Am XRS – 25 voltas

FUN

1.º Pedro Pereira – Nissan Patrol – 15 voltas

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação