Fabio Quartararo em busca do 3.º triunfo em Jerez

Vencedor das duas últimas corridas, o francês Fábio Quaortarato (Yamaha) chega a Jerez de la Frontera desejoso de somar terceiro triunfo consecutivo e cimentar a posição de comandante do “Mundial” de MotoGP.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Com o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) a 15 pontos e o espanhol Maverick Viñales (Yamaha), vencedor da corrida de abertura, a 20, Fábio Quartararo tem tudo a seu favor para sair do traçado espanhol no comando do campeonato. Enorme curiosidade é ver aquilo que o espanhol Marc Marquez (Honda), sétimo no Algarve – corrida que marcou o seu regresso à competição, depois de quase um ano de ausência –, será capaz de fazer num traçado que não tem segredos para ele.

Mais complicada será a tarefa do português Miguel Oliveira (KTM), que caiu no Algarve e vai querer apagar o mau resultado alcançado, o que parece difícil de suceder, até porque as motos da marca austríaca ainda não revelarem a competitividade da concorrência, condicionando o desempenho dos seus pilotos nas corridas anteriores.

Mas se os 15 dias que mediaram entre a corrida algarvia e a andaluza foram bem aproveitados, as KTM poderão, como se deseja, surgir mais eficazes no Circuito Angel Nieto e permitir aos seus pilotos discutir as primeiras posições.

Apesar de ter vencido as duas primeiras corridas do campeonato, o inglês Sam Lowes (Kalex) chega a Jerez no terceiro lugar do campeonato, depois de ter ficado em branco, no Algarve, mas a seis pontos do comandante, o australiano Remy Gardner (Kalex), que ainda não venceu, mas foi três vezes ao pódio, e que entra para o traçado espanhol com quatro pontos de vantagem sobre o espanhol Raul Fernandez (Kalex), vencedor em Portugal.

Com o quarto lugar, o italiano Marco Bezzecchi (Kalex), já a 20 pontos do australiano, será o duelo entre os três primeiros do campeonato a centrar as atenções no traçado espanhol.

Finalmente, em Moto3 assiste-se à revelação do espanhol Pedro Acosta (KTM), segunda na corrida de abertura e vencedor das duas seguintes, que chega ao seu pais com 31 pontos de avanço sobre o seu mais directo perseguidor, o seu compatriota Jaume Masia (KTM).

Muito jovem, fez 17 anos em Maio, Pedro Acosta, que cumpre a primeira temporada no “Mundial”, parece lançado para vir a integrar a lista de pilotos espanhóis que marcaram o Campeonato do Mundo, e é, desde já, o mais sério candidato a suceder ao seu compatriota Albert Arenas na lista de campeões da categoria.

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS

MotoGP – 1.º, Fábio Quartararo, 61 pontos; 2.º, Francesco Bagnaia, 46; 3.º, Maverick Viñales, 41; 4.º, Johann Zarco, 40; 5.º, Joan Mir, 38; 6.º, Aleix Espargaro, 25; 7.º, Alex Rins, 23; 7.º, Jorge Martin, 17; 8.º, Brad Binder, 21; 9.º, Enea Bastinini, 18; 10.º, Jorge Martin 17; …; 20.º, Miguel Oliveira, 4. Estão classificados mais três pilotos

Moto2 – 1.º, Remy Gardner, 56 pontos; 2.º, Raul Fernandez, 52; 3.º, Sam Lowes, 50; 4.º, Marco Bezzecchi, 36; 5.º, Fábio Di Giannantonio, 27; 6.º, Arin Canet, 23; 7.º, Joe Roberts, 23; 8.º, Augusto Fernandez, 23; 9.º, Xavi Vierge, 16; 10.º, Marcel Schrotter, 14. Estão classificados mais 14 pilotos

Moto3 – 1.º, Pedro Acosta, 70 pontos; 2.º, Jaume Masiam 39; 3.º, Darryn Binder, 36; 4.º, Niccolò Antonelli, 36; 5.º, Andrea Migno, 29; 6.º, Gabriel Rodrigo, 25; 7.º, Ayumu Sasaki, 22; 8.º, Sérgio Garcia, 21; 9.º, Dennis Foggia, 20; 10.º, Romano Fenati, 20. Estão classificados mais 12 pilotos.

CONSTRUTORES

MotoGP – 1.º, Yamaha, 75 pontos; 2.º, Ducati, 60; 3.º, Suzuki, 42; 4.º, Aprilia, 25; 5.º, KTM, 22; 6.º, Honda, 20

Moto2 – 1.º, Kalex, 75 pontos; 2.º, Boscoscuro, 29; 3.º, MV Agusta, 2

Moto3 – 1.º KTM, 75 pontos; 2.º, Honda, 56; 3.º, Gasgas, 31; 4.º, Husqvarna, 20

EQUIPAS

MotoGP – 1.º, Monster Energy Yamaha MotoGP, 102 pontos; 2.º, Team Suzuki Ecstar, 61; 3.º, Ducati Lenovo Team, 60; 4.º, Pramac Racing, 57; 5.º, Aprilia Racing Team Gresini, 27; 6.º, Repsol Honda Team, 27; 7.º, Red Bull KTM Factory Racing, 25; 8.º, Esponsorama Racing, 22; 9.º, Petronas Yamaha SRT, 21; 10.º, LCR Honda, 14; 10.º, Tech3 KTM Factory Racing, 4

Moto2 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 108 pontos; 2.º, ELF Marc VDS Racing Team, 73; 3.º, Sky Racing Team VR46, 49; 4.º, Italtrans Racing Team, 29; 5.º, Solunion Aspar Team, 27; 6.º, Federal Oil Gresini Moto2, 27; 7.º, Petronas Sprinta Racing, 25; 8.º, Liqui Moly Intact GP; 19; 9.º, Flexbox HR40, 16;  10.º, American Racing, 13; 11.º, Pertamina Mandalika SAG Team, 12; 12.º, Idemitsu Honda Team Asia, 11; 13.º, Lightech Speed Up,9; 14.º, MV Agusta Forward Racing, 2

Moto3 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 109 pontos; 2.º, Avintia Esponsorama Moto3, 40; 3.º, Gasgas Valresa Aspar Team, 40; 4.º Petronas Sprinta Racing, 36; 5.º, Rivacold Snipers Team, 35; 6.º, Carexpert Pruestel GP, 31; 7.º, Indonesian Racing Gresini Moto3, 27; 8.º, Red Bull KTM Tech3, 23; 9.º, CIP Green Power, 21; 10.º, Leopard Racing, 20; 11.º, Sterilgarda Garda Max Racing Team, 20; 11.º, SIC58 Squadra Corse, 12; 13.º, Boe Owlride, 5; 14.º, Honda Team Ásia, 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *