“Europeu” de Ralis de visita a Fafe e Felgueiras

Um ano depois de ter estado em Fafe para percorrer as especiais de asfalto do Rali Serras de Fafe e Felgueiras, pontuável para o Campeonato Europeu de Ralis, as cidades minhotas voltam a receber a nata da categoria.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Campeonato da Europa de Ralis (ERC) regressa este fim-de-semana às cidades minhotas de Fafe e Felgueiras para percorrer as clássicas classificativas de terra da região, naquela que é a sexta prova dos campeonatos Europeu e de Portugal.

Vencedor, há 15 dias, nos Açores, o norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia Rally2 Evo) chega a Fafe com 34 pontos de vantagem sobre o espanhol Efrén Llarena (Skoda Fabia Rally2 Evo), assumindo-se como o seu principal opositor.

O detentor do título, o russo Alexey Lukyanuk (Citroën C3 Rally2), já por duas vezes cometeu mais uns dos seus excessos, que o têm impedido de vencer provas que pareciam ganhas, a última nas estradas de terra de São Miguel.

Contudo, a presença do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 R5), que esteve muito perto de vencer nos Açores, apesar de não estar na corrida ao título, pode complicar as contas dos candidatos, uma vez que pode “roubar pontos”, sendo sério candidato a repetir o triunfo de 2019, quando participou na prova como forma de preparação para o Vodafone/Rali de Portugal.

À partida Andreas Mikkelsen, Alexey Lukyanuk e Dani Sordo são candidatos aos lugares do pódio, com Efrén Llarena a procurar aproveitar os “destroços” desse duelo para somar pontos preciosos.

Em termos de Campeonato de Portugal, cuja atribuição dos pontos, de forma inexplicável, é feita no final do primeiro dia, a luta será, como tem sucedido, ao longo da temporada, entre vários pretendentes.

De facto, Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo), que defende o comando do campeonato, Ricardo Teodósio (Skoda Fabia Rally2 Evo), Bruno Magalhães (Hyundai N i20 R5), que deverá estrear a nova arma da marca sul-coreana, e José Pedro Fontes (Citroën C3 Rally2) que, depois de ter vencido o Rali Alto Tâmega, o que lhe permite manter hipóteses aritméticas de chegar ao título, sente que pode repetir a vitória e complicar as contas dos seus opositores.

Para o piloto portuense que conduz um modelo da marca francesa, «o facto de faltarem três provas, sendo uma delas em asfalto, mantêm-nos na corrida ao título, numa competição que tem um plantel muito equilibrado, tanto em termos de pilotos, como em temos de carros».

«Com os testes que temos feito a permitirem-nos ter a maior evolução disponível, ao nível dos carros oficiais que correm no WRC e no ERC. Apesar da prova contar para o “Europeu” e atrair vários pilotos estrangeiros, que não interferem nas contas do Campeonato de Portugal, o objectivo é a vitória, que fica sempre bem no palmarés de qualquer piloto ou navegador», acrescentou José Pedro Fontes.

O Rali Serras de Fafe e Felgueiras conta, ainda, para o Peugeot Raly Cup Iberica, competição que tem sido dominado pelos pilotos espanhóis, com Alberto Monarri (Peugeot 208 Rally4), Alejandro Cachon (Peugeot 208 Rally4) e Álvaro Muñiz (Peugeot 208 Rally4) a perfilarem-se como os mais sérios candidatos à vitória, com a competição a terminar, a exemplo do que sucede com o Campeonato de Portugal, no final do primeiro dia.

A ESTRADA

A prova do Demoporto decorre sábado e domingo nos territórios de Fafe e Felgueiras, centrada no primeiro, local de partida e chegada das etapas e do Parque de Assistência.

No primeiro dia de competição, os concorrentes cumprem uma dupla passagem pelas especiais de Luílhas (12,10 km – 9h00 e 14h55), Sr.ª da Fé/Anjos (18,06 km – 9h50 e 15h45), a mais extensa da prova, Agra/Zebral (11,25 km – 10h25 e 16h20) e Boticas (15,20 km – 11h45 e 17h40), uma novidade, que funciona como “Power Stage” para o Campeonato de Portugal, cujos envolvidos, tal como sucede com os do Peugeot Rally Cup Iberica, estão dispensados de competir no dia seguinte.

No domingo, aqueles que se deslocaram ao Minho interessados no “Europeu” cumprirão uma dupla passagem pelas classificativas de Seixoso (10,01 km – 9h30 e 13h20), St.ª Quitéria (9,28 km – 10h10 e 14h00), Montim (5,07 km – 10h45 e 14h35) e Lameirinha (13,99 km – 11h10 e 15h00).

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

EUROPEU

PILOTOS – 1.º, Andreas Mikkelsen, 136 pontos; 2.º, Efrén Llarena, 102; 3.º, Mikolaj Marczyk, 95; 4.º, Alexey Lukyanuk, 67; 5.º, Norbert Herczig, 67; 6.º, Craig Breen, 43; 7.º, Nikolay  deGryazin, Giandomenico Basso, Jan Koepcky, 39; 10.º, Dani Sordo, 33; …; 15.º, Ricardo Moura, 24; …; 23.º, Luís Miguel Rego, 13; …; 27.º, Rafael Botelho, 9. Estão classificados mais 20 pilotos

NAVEGADORES – 1.º, Sara Fernandez, 102 pontos; 2.º, Szymon Gospodarczyk, 95; 3.º, Ramon Ferenz, 67; 4.º, Ola Floene, 66; 5.º, Paul Nagle, 43; 6.º, Alexey Arnautov, 41; 7.º, Konstantin Alexandrov, Lorenzo Granai, Jan Hlousek, Elliot Edmondson, 39; …; 18.º, António Costa, 24; …; 26.º, Jorge Henriques, 13; …; 30.º, Rui Raimundo, 9. Estão classificados mais 21 navegadores

EQUIPAS – 1.º, Toksport WRT, 297 pontos; 2.º, Rallye Team Spain, 235; 3.º, Porvoon Autopalvelu, 107; 4.º, Orlen Team, 107; 5.º, Yacco ACCR Team, 98; 6.º, Team MRF Tyres, 94; 7.º, Skoda Rally Team Hungaria, 78; 8.º, Topp-Cars Rally Team, 76; 9.º, Sainteloc Junior Team, 75; 10.º, Hyundai Rally Team Italia, 69. Estão classificadas mais 27 equipas

PORTUGAL

PILOTOS – 1.º, Armindo Araújo, 105 pontos; 2.º, Ricardo Teodósio, 101; 3.º, Bruno Magalhães, 93; 4.º, José Pedro Fontes, 84; 5.º, Bernardo Sousa, 67; 6.º, Miguel Correia, 40; 7.º, Paulo Neto, 40; 8.º, Pedro Meireles, 18; 9.º, Manuel Castro, 16; 10.º, Paulo Caldeira, 10. Estão classificados mais seis pilotos

NAVEGADORES – 1.º, Luís Ramalho, 105 pontos; 2.º, José Teixeira, 101; 3.º, Carlos Magalhães, 93; 4.º, Inês Ponte, 84; 5.º, Vítor Calado, 67; 6.º, António Costa, 40; 7.º, Vítor Hugo, 40; 8.º, Mário Castro, 18; 9.º, Ricardo Cunha, 16; 10.º, Ana Gonçalves, 10. Estão classificados mais quatro navegadores

EQUIPAS – 1.º, Sports & You, 181 pontos; 2.º, ARC Sport, 149; 3.º, The Racing Factory, 95; 4.º, Racing4You, 44; 5.º, Domingos Sport, 20; 6.º, Inside Motor, 14; 7.º, Prolama, 4

VENCEDORES DA PROVA DO DEMOPORTO

Desde 2010 que o Demoporto coloca na estrada o Rali Serras de Fafe a cujo nome acrescentou, desde o ano passado, Felgueiras, e este ano integra o calendário do Campeonato de Europa, em substituição do Rali Fafe/Montelongo, prova do Campeonato Norte, que o ano passado foi promovido ao “Europeu” para “salvar” a temporada.

Oito pilotos, cinco deles presentes na edição deste ano, oito navegadores e sete marcas venceram as 11 edições da prova, com o espanhol Dani Sordo, que, em 2019, alinhou como forma de preparação para o Vodafone/Rali de Portugal, a ser o único estrangeiro a fazê-lo.

ANO NOME EQUIPA CARRO
2010 Rali Serras de Fafe Bernardo Sousa/Nuno Rodrigues da Silva Ford Fiesta S2000
2011 Rali Serras de Fafe Vítor Lopes/Hugo Magalhães Subaru Impreza N2009
2012 Rali Serras de Fafe Pedro Peres/Tiago Ferreira Mitsubishi Lancer IX
2013 Rali Serras de Fafe Bernardo Sousa/Hugo Magalhães Peugeot 207 S2000
2014 Rali Serras de Fafe Pedro Meireles/Mário Castro Skoda Fabia S2000
2015 Rali Serras de Fafe Ricardo Moura/António Costa Ford Fiesta R5
2016 Rali Serras de Fafe José Pedro Fontes/Inês Ponte Citroen DS3 R5
2017 Rali Serras de Fafe Pedro Meireles/Mário Castro Skoda Fabia S2000
2018 Rali Serras de Fafe Ricardo Moura/António Costa Ford Fiesta R5
2019 Rali Serras de Fafe Dani Sordo/Carlos Del Barrio Hyundai i20 R5
2020 Rali Serras de Fafe e Felgueiras Armindo Araújo/Luís Ramalho Skoda Fabia R5 Evo

NÚMERO DE VITORIAS

PILOTOS

2 – Pedro Meireles, Ricardo Moura, Bernardo Sousa

1 – Armindo Araújo, José Pedro Fontes, Pedro Peres, Vítor Lopes, Dani Sordo

NAVEGADORES

2 – Mário Castro, António Costa, Hugo Magalhães

1 – Carlos Del Barrio, Tiago Ferreira, Inês Ponte, Luís Ramalho, Nuno Rodrigues da Silva

MARCAS

3 – Ford (Fiesta S2000, 1; Fiesta R5, 2); Skoda (Fabia S2000, 1; Fabia R5, 1; Skoda Fabia R5 Evo, 1)

1 – Citroen (DS3 R5, 1); Hyundai (i20 R5, 1); Mitsubishi (Lancer IX, 1); Peugeot (207 S2000, 1); Subaru (Impreza N2009, 1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *