Europeu de MX65 e MX85 cancelado em 2020

A Infront Moto Racing – promotor dos campeonatos EMX65 e EMX85 – cancelou a realização de toda a competição. A pandemia do Covid-19 continua assim a manter motos, pilotos e equipas fora das pistas por tem indeterminado para já, tal como acontece em quase toda a sociedade a nível global.

(auto.look2010@gmail.com)

As finais do referido campeonato deveriam realizar-se no circuito checo de Loket e devido à situação global que se vive em todo o planeta, a decisão teve que ser a mais drástica que, face à idade escolar dos pilotos, era impossível realizar a competição no Outono devido ao calendário escolar, sendo que também o campeonato europeu feminino (WEMX) fica igualmente cancelado.

«Foi uma decisão difícil mas estou convicto que foi a melhor. A maioria das provas dos campeonatos já tinham sido canceladas e não havia certeza quando à possibilidade de se realizarem as finais em Loket. Tivemos igualmente que salvaguardar o impacto financeiro nas famílias dos pilotos, muitos deles a sofrerem com uma forte redução de rendimentos devido ao confinamento e isto iria com toda a certeza afectar o número de inscrições», comentou Eddie Herd, presidente da Comissão de Motocross da FIM Europa.

«Acredito que regressaremos mais fortes em 2021 e serão os organizadores das provas agora canceladas os primeiros na lista de escolha para as etapas do EMX 65 e 85 e também para o campeonato das senhoras», reforça Eddie Herd, revelando, igualmente, que a FIM Europa se vai concentrar agora nos campeonatos EMX125, EMX350, EMX2T e EMX Open com os calendários a serem definidos assim que for possível viajar sem restrições.

ETAPA ANULADA EM FERNÃO JOANES

Este cancelamento deixa Portugal sem a sua etapa nos campeonatos 65 e 85cc, agendada para Fernão Joanes originalmente nos dias 24 e 24 de Maio e que já tinha sido adiada. Uma decisão comentada também pelo clube de Fernão Joanes.

«A Associação Cultural e Recreativa (ACR) de Fernão Joanes agradece a todos os seus patrocinadores, voluntários e entidades públicas que ao longo dos últimos anos têm colaborado com a ACR para que esta prova seja um sucesso. Não tínhamos dúvidas, que apesar das dificuldades e dos desafios resultantes destas circunstâncias, estaríamos unidos, como sempre, na organização de mais um grande evento internacional de promoção da Guarda, do Interior e de Portugal. Mas estamos certos, que todos os patrocinadores e voluntários vão continuar connosco e que em 2021 regressaremos com mais força e determinação para organizar mais um grande Europeu de Motocross na Guarda, em Fernão Joanes».

A pandemia do Covid-19 continua assim a manter motos, pilotos e equipas fora das pistas por tem indeterminado para já, tal como acontece em quase toda a sociedade a nível global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *