Estoril Classics recebe Lola T292 TEAM BIP

O carismático Sport-protótipo regressa ao Autódromo do Estoril com Carlos Tavares ao volante na competição 1000 KM Sports Cars, recriando as corridas da categoria Sports Cars dessa época e que certamente vão encantar o público presente nas bancadas e no paddock.

(auto.look2010@gmail.com)

Para a edição de 2019 do Estoril Classics, que se vai realizar nos dias 12 e 13 de Outubro, o público vai poder apadrinhar o regresso de um dos mais carismáticos modelos do desporto automóvel nacional dos anos 70: um dos Lola T292 que pertenceu ao Team BIP. O TEAM BIP nasceu em 1972 e a ideia dos seus responsáveis era estar na Fórmula 1 a curto prazo. No seu primeiro ano, a equipa utilizou um Lola T280 de 3 litros e apesar da vitória na prova de estreia, a inauguração do Autódromo do Estoril, a escolha do carro revelou-se desajustada e como tal, para 1973, foram alugados dois Lola T292 FVC e feita uma associação com o preparador suíço Heini Mader/Ecurie Bonnier.

Depois da vitória na categoria de 2 Litros nos 1000 Km de Spa Francorchamps (Carlos Santos e Santos Mendonça) e o 4.º lugar na prova do Europeu de Sport 2 Litros na prova francesa de Charade, seguiu-se, em Vila Real, vitória de Carlos Gaspar ao volante do carro com chassis HU52. Nem tudo correu bem nessa prova, já que nos treinos Carlos Santos teve um acidente e destruiu o Lola com o chassis HU47.

A equipa resolveu adquirir um novo carro e foi assim que chegou a Portugal o Lola T292 com o chassis HU64, estreado por Carlos Gaspar no Circuito de Vila do Conde, disputado em Agosto. Após duas desistências no Grande Prémio de Nogaro (Setembro) e nos 400 Km de Barcelona (Outubro), Carlos Gaspar levou o “HU64” novamente à vitória no Grande Prémio do Estoril, disputado em Outubro.

O piloto do Porto chegou a sagrar-se campeão nacional, mas infelizmente abandonou logo a seguir as competições. Com a crise energética e com a revolução portuguesa em Abril de 1974, o Team BIP (que pretendia alinhar em 1974 na Fórmula 2 com dois carros) terminou inesperadamente, tendo os carros sido vendidos.

O Chassi “HU64” foi posteriormente vendido pela Ecurie Bonnier à ROC Racing, onde participou em Le Mans em 1975 já com a equipa Francesa. Conseguindo a 12.ª posição na grelha de partida, desistiu a uma hora do final, com 206 voltas realizadas.

O Lola T292 regressa agora ao Autódromo do Estoril com Carlos Tavares ao volante na competição 1000 KM Sports Cars, recriando as corridas de Sports Cars dessa época e que certamente vão encantar o público presente nas bancadas e no paddock.

De 11 a 13 de Outubro, Cascais vai receber a segunda edição do Estoril Classics, uma iniciativa nunca antes vista em Portugal e no mundo, que vai reunir as principais disciplinas de automóveis e motos clássicas. A não perder este evento repleto de emoções dentro de uma semana.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação