Estoril Classics 2021 revelou ser fórmula de sucesso

Um dos maiores eventos de carros clássicos na Europa em 2021 vincou presença em Portugal. A História do Desporto Automóvel que passeou classe no Estoril ficou marcada pelos bilhetes do Paddock terem sido esgotados e Live Stream visto por milhares de seguidores em todo o mundo.

(auto.look2010@gmail.com)

Este fim-de-semana assistiu-se a uma festa icónica do automobilismo que teve como palco o Autódromo do Estoril. Entre 8 e 10 de Outubro, o Estoril Classics 2021 reuniu mais de 300 equipas e mais de uma dezena de nacionalidades diferentes. Um evento que provou ser uma fórmula de sucesso.

Ainda com limitações devido à pandemia, o evento contou com um número limitado de bilhetes para o Paddock que se juntavam às equipas participantes. Com um incrível leque de Clássicos presente, os bilhetes para o Paddock esgotaram, quer no sábado, quer no domingo. Já a grande bancada do Autódromo, respeitando todas as orientações de segurança, estava muito bem composta no domingo para as 10 corridas que ocuparam todo o dia.

Quem ficou em casa pôde acompanhar através da transmissão na Motorsport TV e Youtube todas as corridas do fim-de-semana. Em resumo, variadas e belíssimas máquinas em pista, publico apaixonado nas bancadas e Paddock e uma transmissão televisiva de luxo, contribuíram para um Estoril Classics de grande sucesso.

UM DOS MAIORES EVENTOS

DE CLÁSSICOS NA EUROPA EM 2021

Uma festa fantástica, que terminou com um dia com excelentes corridas, conforme Duarte Nobre Guedes, do Turismo de Cascais, refere que «todos os anos vamos melhorando o Estoril Classics e este ano batemos todos os recordes». «Sempre com o objectivo de viver as memórias que mantêm a identidade de Cascais, esta edição teve muito glamour, emoção e acima de tudo um ambiente incrível. Contamos com muitos participantes e público vindo de todo o mundo para este evento, que nos faz recuar no tempo e recordar alguns dos melhores automóveis da história enquanto mostramos o ADN de Cascais a todo o mundo. Esperamos para o ano, com menores restrições da Covid-19 conseguir fazer ainda mais e melhor», acrescentou.

Apesar de ser sobretudo uma celebração do Automobilismo e os resultados serem relativamente menos importantes, para a história ficam os vencedores: O belga Christian Bouriez a venceu com um Bizzarini 5300 o Greatest Trophy, o suíço Maxime GUENAT a vencer num Capri RS 3100 e num Lola T286, o francês Oliver Galant num Jaguar XJR 12 de Group C, o inglês Steve Brooks que venceu com um F1 Lotus 91.

Depois do almoço foi a vez dos ingleses, com do ex-campeão do BTCC Andrew Jordan vencer com Mark Sumpter a prova para Porsche 911 e de seguida Girardo/Cottingham a vencer o ERL com o Dallara que Pedro Lamy levou às 24 Horas de Le Mans.

Por fim, foi Armand Mille da família dos Relógios Richard Mille a vencer o CER 1 com um Lola T212 com o evento a terminar com a prova Ibérica do Historic Endurance com Lars Rolner a levar a melhor num Porsche 3.0 RS

O evento espera regressar, naquela que será a 6.ª edição, no início de Outubro do próximo ano como começa a ser tradição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *