Estónio Ott Tanak mostrou serviço em Montim

Pela primeira vez na edição deste ano do Vodafone Rally de Portugal, o piloto estónio da Hyundai Motorsport logrou o triunfo numa especial, precisamente numa altura em que a luta pela vitória à geral está ao rubro entre Kalle Rovanpera e Elfyn Evans.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

A passagem pela especial de Montim, a única no dia de hoje, ao contrário do que sucede com Felgueiras e Fafe, permitiu ao estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1) registar o melhor tempo, o que acontece pela primeira vez, com os quatro mais rápidos a caberem num segundo.

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 N Rally1) registou o segundo tempo, à frente dos dois pilotos que lutam pela vitória, com o finlandês Kalle Rovanpera (Toyota GR Yaris Rally1) a aumentar a sua vantagem num escasso décimo de segundo, sobre o inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), o que diz bem do andamento que os dois estão a impor.

Na luta pelo terceiro lugar, o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1) voltou a ganhar tempo ao japonês Takamoto Katsuta (Toyota GR Yaris Rally1) e está a menos de um segundo (0,9”) de poder impedir a Toyota de monopolizar o pódio.

O finlandês Teemu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) continua imperturbável no comando dos RC2 sendo por sistema o mais rápido da categoria nas especiais, pelo que o seu avanço sobre o francês Yohan Rossel (Citroen C3 Rally2) não cessa de aumentar sendo já de 50,5”

Entre os portugueses, Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) bateu Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) que continua a ser “o melhor português”, mas reduziu a sua desvantagem para13,7 segundos, o que deixa admitir um cerrado duelo nas especiais em falta, em busca do título que o piloto da Skoda defende.

CLASSIFICAÇÕES

18.ª PC – MONTIM (8,69 KM) – 1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 5’34,3”; 2.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 5’34,4”; 3.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 5’34,8”; 4.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 5’34,9”; 5.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 5’38,5”; 6.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 5’38,8”; 7.º, Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1), 5’40,9”; 8.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), 5’41,5”; 9.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 5’43,1”; 10.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 5’45,5”; …; 12.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2 (1.º RC2), 6’00,4”; …; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), 6’06,6”; 17.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), 6’09,5”

GERAL APÓS 18 ESPECIAIS – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 3.25’18,5”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), a 8,5”; 3.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 2’07,3”; 4.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 2’08,2”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 2’32,0”; 6.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 4’19,9”; 7.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 4’45,3”; 8.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 4’47,1”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 7’31,8”; 10.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 11’0,5” (1.º RC2); …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), a 19’31,3”; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 19’45,0”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.