Estónio Ott Tänak lidera Rali da Sardenha

Este sábado disputa-se o segundo de três dias da competição, com 129,62 quilómetros cronometrados, divididos por oito especiais.

(auto.look2010@gmail.com)

O estónio Ott Tänak (Hyundai i20 Coupe WRC) lidera o Rali da Sardenha, em Itália, quinta prova do Campeonato do Mundo, após o primeiro de três dias de competição. Ott Tanäk terminou o dia com o tempo de 1h26m58s e com 19,4 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o seu companheiro de equipa na Hyundai Motorsport, o espanhol Dani Sordo.

O francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC), líder do campeonato à partida desta prova, tinha a espinhosa missão de abrir as estradas de terra da ilha italiana da Sardenha e não foi além do terceiro lugar no final do primeiro dia, com 36,2 segundos de atraso para Ott Tänak, que viu um filme semelhante ao que aconteceu na ronda anterior.

«Foi como em Portugal. Por isso, temos de estar especialmente concentrados amanhã (sábado)», frisou, explicando ter tido «um dia calmo», até porque beneficiou «de uma melhor posição em estrada» do que os pilotos à sua frente.

O estónio entrou ao ataque e venceu as primeiras cinco das oito especiais do dia, assegurando uma vantagem confortável de 23,6 sobre o segundo classificado que, na altura, era Sébastien Ogier. Mas Dani Sordo respondeu, tal como fizera em Portugal, vencendo as restantes três classificativas, recuperando a segunda posição a Sébastien Ogier.

«Estou satisfeito com o carro e com os pneus. Na primeira especial lutei um pouco com o carro, não sentia aderência mas, depois, senti-me bem ao longo do dia», explicou o espanhol.

O britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris WRC), vencedor do Vodafone Rali de Portugal há duas semanas, teve um dia difícil e não conseguiu melhor do que o quarto lugar, já com 1m02s de atraso para o líder.

Pior fez o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC), que se viu atrasado por dois furos e perdeu 1m03,2s para o companheiro de equipa que lidera a prova.

Para este sábado disputam-se o segundo de três dias da competição, com 129,62 quilómetros cronometrados, divididos por oito especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *