Estónio Ott Tanak entra no Minho ao ataque

O estónio da Hyundai Shell Mobis WRT iniciou o segundo dia do Vodafone Rally de Portugal a vencer. Na primeira passagem por Vieira do Minho (20,84 km), o piloto do Hyundai i20 Coupé WRC alargou a vantagem para os seus adversarios.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Excelente arranque de Ott Tanak (Hyundai i20 Coupé WRC), no segundo dia do Vodafone Rally de Portugal, o mais extenso. O piloto estónio conseguir, logo na especial de abertura, aumentar a vantagem sobre os seus mais directos perseguidores, mostrando a determinação de alcançar a segunda vitória do ano e repetir o triunfo registado em  2019.

De uma assentada Ott Tanak aumentou de seis segundos para 13,5 segundos a vantagem sobre o inglês Elfyn Evans (Toyota Yaris WRC) e de nove para 18,0 segundos sobre o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 Coupé WRC). Uma entrada de leão, que pode ter contribuido para o triunfo do piloto da marca sul-coreana.

Já o francés Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC) que, ontem, ao final do dia, tinha reduzido o seu atraso, em relação ao comandante para 24,0 segundos – depois de ter estado a mais de 40 – do primeiro lugar, viu o atraso subir para 35,5 segundos.

Depois do despiste em Mortágua, que o impediu de alinhar na Super Especial de Lousada, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) está de regresso à estrada, com o pensamento nos cinco ponto da “Power Stage”, que terá lugar amanhã, sendo o primeiro a cumprir as especiais deste segundo dia e acabou por ser batido pelo mais rápido dos RC2

Nos RC2, o duelo entre os finlandeses continua, com Esapekka Lappi (VW Polo GTi R5) a dispor de 14,4 segundos de avanço sobre o seu compatriota Teemu Suninen (Ford Fiesta Rally2) que tem o ruso Nikolay Gryazin (VW Polo GTi R5), a escasos 3,7 segundos pelo que a luta na categoría vai ser intensa.

Tal como tinha prometido, Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) continua em prova, sem preocupações com os tempos e apenas para desfrutar o prazer de participar na competição.

9.ª PC – VIEIRA DO MINHO 1 (20,64 KM)

1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 Coupé WRC), 12’41,7”

2.º Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC), 12’49,2”

3.º Dani Sordo/Borja Rozada (Hyundai i20 Coupé WRC), 12’50,7”

4.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC), 12’53,2”

5.º Gus Greensmith/Chris Patterson (Ford Fiesta WRC), 12’53,6”

6.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC), 13’00,1”

7.º Takamoto Katsuta/Daniel Barritt (Toyota Yaris WRC), 13’01,9”

8.º Esapekka Lappi/Janne Ferm (VW Polo GTi R5), 13’21,0” (1.º RC2)

9.º Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Toyota i20 Coupé WRC), 13’21,1”

10.º Teemu Suninen/Mikko Markkula (Ford Fiesta Rally2), 13’25,6”

24.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), 14’06,7”

Classificação geral, após nove especiais

1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 Coupé WRC), 1,35’16,7”

2.º Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC), a 13,5”

3.º Dani Sordo/Borja Rozada (Hyundai i20 Coupé WRC), a 18,0”

4.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC), a 35,5”

5.º Takamoto Katsuta/Daniel Barritt (Toyota Yaris WRC), a 35,6”

6.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC), a 47,3”

7.º Gus Greensmith/Chris Patterson (Ford Fiesta WRC), a 1’14,2”

8.º Adrien Fourmaux/Renaud Jamoul (Ford Fiesta WRC), a 2’27,9”

9.º Esapekka Lappi/Janne Ferm (VW Polo GTi R5), a 4’14,2” (1.º RC2)

10.º Teemu Suninen/Mirkko Markkula (Ford Fiesta Rally2), a 4’28,6”

24.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 7’32,9”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *