Espanhol Fernando Alonso domina na chuva…

A chuva marcou presença na terceira sessão de treinos livres para o Grande Prémio do Canadá, ainda que o facto de ter diminuido de intensidade tenha permitido o recurso aos pneus intermedios, nos derradeiros minutos da sessão.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Face às baixas temperaturas registadas em Montreal, onde o ar estava a 11º e o asfalto a 16º, era evidente que os pilotos iam ter dificuldade em colocar a temperatura ideal nos pneus. Indiferente às difíceis condições que tinham de enfrentar, o espanhol Fernando Alonso (Alpine/Renault) esteve grande parte da sessão no topo da tabela de tempos, quer quando utilizou pneus de chuva, quer quando passou para os pneus intermedios, mostrando que se, amanhã, as condições atmosféricas forem semelhantes pode provocar uma surpresa e baralhar as contas dos favoritos.

Destes, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) saiu cinco veces para a pista, mas não completou qualquer volta lançada, por ser relegado para última posição da grelha, por a equipa ter decidido mudar quase tudo da unidade motriz, com excepção das baterías, enquanto o mexicano Sergio Perez (Red Bull/Honda), o neerlandês Max Verstappen (Red Bull/Honda), que não evitou uma saída de pista, e foram dos últimos a entrar em acção, e o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), que chegou a passar pelo topo da tabela de tempos, fecharam o lote dos 10 primeiros.

A confirmação do bom desempenho dos Alpine em chuva foi dada pelo quarto tempo do francês Esteban Ocon (Alpine/Renault), com o seu compatriota Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda) e o alemão Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes) a ficarem a separar os dois pilotos do construtor francês.

O australiano Daniel Riccardo (McLaren/Mercedes), o inglés Lando Norris (McLaren/Mercedes) e o inglés George Russell (Mercedes) intercalaram-se entre o francês e o mexicano, com tempos alcançados nos últimos minutos, quando as condições de aderência estavam um pouco melhores.

Relegado para o fim da grelha será, também, o japonés Yuki Tsunuda (Alpha Tauri/Honda), por ter trocado varios componentes da unidade motriz.

Grande expectativa para a qualificação, onde as condições da pista podem proporcionar surpresas, pois, aparentemente, Red Bull e Ferrari não estão a dar-se bem com o asfalto molhado, ao contrario do que sucede com a Alpine e Aston Martin.

TEMPOS DO TREINO

PILOTO CHASSIS MOTOR TEMPO
Fernando Alonso Alpine A522 Renault 1’33,836″
Pierre Gasly Alpha Tauri AT03 Honda 1’33,889″
Sebastian Vettel Aston Martin AMR22 Mercedes 1’33,891″
Esteban Ocon Alpine A521 Renault 1’34,003″
Daniel Ricciardo McLaren MCL36 Mercedes 1’34,110″
Lando Norris McLaren MCL36 Mercedes 1’34,248″
George Russell Mercedes W13 Mercedes 1’34,259″
Sergio Perez Red Bull RB18 Honda 1’34,498″
Max Verstappen Red Bull RB18 Honda 1’34,616″
Carlos Sainz Ferrari F1-75 Ferrari 1’34,778″
Valtteri Bottas Alfa Romeo C42 Ferrari 1’35,016″
Guanyu Zhou Alfa Romeo C42 Ferrari 1’35,213″
Lance Stroll Aston Martin AMR22 Mercedes 1’35,531″
Kevin Magnussen Haas VF-22 Ferrari 1’35,643″
Lewis Hamilton Mercedes W13 Mercedes 1’35,692″
Alexander Albon Williams FW14 Mercedes 1’35,761″
Yuki Tsunoda Alpha Tauri AT03 Honda 1’36,261″
Mick Schumacher Haas VF-22 Ferrari 1’37,388″
Nicholas Latifi Williams FW44 Mercedes 1’38,394″
Charles Leclerc Ferrari F1-75 Ferrari sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.