Espanhóis dominam treino de abertura

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) registou o 13.º tempo na primeira sessão de treinos livres para o Grande Prémio de Teruel, em Espanha, sendo o segundo entre os pilotos da marca austríaca, atrás do espanhol Pol Espargaro (KTM).

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Com o asfalto mais quente do que na semana anterior (22º em vez de 6º), s tarefa dos pilotos ficou mais fácil, porque ficou mais fácil levá-los à temperatura ideal de funcionamento, com os tempos a caírem de forma significativa, com os pilotos espanhóis a dominarem a primeira sessão de treinos livres.

Batido no passado fim-de-semana pelo seu compatriota Alex Rins, o espanhol Alex Marquez (Honda) conseguiu o melhor tempo na sessão de abertura, com a marca japonesa a ver o japonês Takaaki Nakagami (Honda) colocar-se no segundo lugar, quase repetindo o que a Yamaha tinha conseguido na corrida anterior em que colocou três motos nas três primeiras posições.

Desta vez, o terceiro tempo pertenceu a outro espanhol Joan Mir (Suzuki), com o italiano Franco Morbidelli (Yamaha), atrás do alemão Stefan Bradl (Honda), a ser o mais rápido da marca dos três diapasões.

O português Miguel Oliveira (KTM) registou o 13.º tempo, sendo o segundo entre os pilotos da marca austríaca, atrás do espanhol Pol Espargaro (KTM), nono do primeiro treino livre.

O espanhol Augusto Fernandez (Kalex) confirmou, na sessão de Moto2, o domínio dos pilotos espanhóis, impondo-se ao inglês Sam Lowes (Kalex) e o italiano Fabio Di Giannantonio (Speed Up), com o inglês a levar a melhor sobre os italianos Luca Marini (Kalex), que foi 10.º, e Enea Bastianini (Kalex), que foi 11.º, na luta pelo título.

Como de costume, foram os pilotos de Moto3 os primeiros a entrar em acção, com o espanhol Jaume Masia (Honda), vencedor na semana passada, a registar o melhor tempo, à frente do italiano Romano Fenati (Husqvarna) e o turco Deniz Oncu (KTM), piloto que não costuma estar no lote dos mais rápidos.

Na luta pelo título, vantagem para o espanhol Albert Arenas (KTM), que registou o quarto tempo, bem à frente do japonês Ai Ogura (Honda), que não foi além do 24.º lugar, entre os 30 pilotos que estiveram em acção.

MELHORES TEMPOS

MotoGP – Alex Marquez (Honda), 1’48,184”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’48,622”; Joan Mir (Suzuki), 1’48,993”; Stefan Bradl (Honda), 1’49,003”; Franco Morbidelli (Yamaha), 1’49,100”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’49,176”; Jack Miller (Ducati), 1’49,211”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’49,305”; Pol Espargaro (KTM), 1’49,346”; Cal Crutchlow (Honda), 1’49,356”; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’49,442”. Treinaram mais oito pilotos

Moto2 – Augusto Fernandez (Kalex), 1’52,623”; Sam Lowes (Kalex), 1’52,757”; Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 1’52,988”; Jake Dixon (Kalex), 1’53,011”; Joe Roberts (Kalex), 1’53,117”; Lorenzo Baldassarri (Kalex), 1’53,182”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’53,290”; Jorge Navarro (Speed Up), 1’53,300”; Remy Gardner (Kalex), 1’53,314”; Luca Marini (Kalex), 1’53,347”. Treinaram mais 20 pilotos

Moto3 – Jaume Masia (Honda), 1’58,076”; Romano Fenati (Husqvarna), 1’58,212”; Deniz Oncu (KTM), 1’58,279”; Albert Arenas (KTM), 1’58,519”; Tony Arbolino (Honda), 1’58.670”; John McPhee (Honda), 1’58,726”; Jeremy Alcoba (Honda), 1’58,749”; Celestino Vietti (KTM), 1’58,843”; Gabriel Rodrigo (Honda), 1’58,903”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’58,925”. Treinaram mais 20 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: